.

.

sábado, 19 de julho de 2014

Difusora líder

Estivesse eu à frente do Instituto Zumbi dos Palmares e a Difusora estaria com a melhor equipe de profissionais do rádio alagoano. Somente com  o desmanche latente da equipe de esportes da Pajuçara FM e a insanável  crise financeira da Jornal, já teria   recrutado os mais gabaritados e os levado para  a Pioneira. Como pagar? O que não faltam são cargos- -comissionados no Governo de Alagoas, que aliás, são os melhores salários ofertados pela estrutura governamental alagoana. Bastaria  mais de poder de persuasão  dos dirigentes da RD e IZP  junto ao Governo para fazer a Difusora voltar aos bons tempos.

 
Vontade política faria a Difusora abrigar muitos talentos


Anotem alguns nomes que poderiam reforçar a Emissora Oficial do Estado e transformá-la em uma potência: Walmari Vilela, Luciano Costa, Walter Luis, Wyderlan Araújo, Antônio Guimarães, Ildo Rafael, Marlon Araújo, Silva, Emerson Jr., Marcos Tchola, Edval Vieira, Edvaldo Alves, Cesar Pita, Antônio Torres, Paulo Roberto, Rodrigo Veridiano, entre outros. Duvido que com um salário acima da média paga no rádio de Alagoas, os profissionais citados não aceitassem alavancar a RD. A mim me parece que falta apenas um pouco de empenho dos que estão no comando do IZP e Difusora para fazer o prefixo 960 voltar a comandar a audiência no Estado. Outra saída seria realinhar os salários e recrutar as melhores cabeças via concurso público, mas aí já é uma decisão estritamente do Palácio Floriano Peixoto. Acorda, galera!