.

.

terça-feira, 30 de junho de 2020

Barraco do Vavá chega à Litoral com transmissão multiplataforma

Muito boa a informação da chegada da Litoral FM/MCZ ao YouTube. A fase de teste já foi iniciada e a inauguração das transmissões, ao vivo e em cores, acontecerá no próximo domingo, 5, às 10h com o tradicional Barraco do Vavá.


O sempre homenageado Edval Vieira abre sorriso ao confirmar  ida para a Litoral


Edval Vieira está empolgadíssimo com a novidade, já que, no Tube, a 95.5 vai ser praticamente uma emissora híbrida (rádio e TV), visto que o apresentador vai poder chamar, por exemplo, gols de uma partida de futebol com áudio e vídeo. Novos tempos.

Na fase de implantação o comandante técnico da Litoral, professor Anderson Perneta, está trabalhando incansavelmente para que tudo esteja pronto quando da data agendada. O sócio-proprietário, Ronaldo da Paz, está eufórico com mais uma inovação. "Seremos a única emissora de rádio, em Alagoas, a trabalhar em um sistema multiplataforma. O ouvinte vai escolher em que mídia vai nos ver/ouvir. E ainda tem muito mais coisa sendo gestada nos bastidores. Aguardemos pelas inovações", disse Ronaldo ao Blog.

sábado, 30 de maio de 2020

Tupi ensina

Leão, Tupi e toda equipe de parabéns pela qualidade da programação levada ao ar


Rádio Tupi. Rio de Janeiro, Brasil. Sábado à tarde. Wagner Menezes, no estúdio. Em casa, by Skype, os comentaristas, Rubem Leão, Washington Rodrigues e Gérson Canhotinha de Ouro. Um belo bate-papo com muita opinião e informações agradáveis. Nada de Coronavírus e apenas futebol na veia. Fica a dica para as emissoras que insistem em colocar no ar entrevistas enfadonhas, sempre com as mesmas perguntas e respostas idênticas. É fácil. Basta, de casa, entrar no ar, by Skype, com som de estúdio, e melhorar a qualidade da programação. A audiência roga por algo novo no ar. 

sexta-feira, 22 de maio de 2020

Vídeo de reunião ministerial confirma que não há interesse no atual Governo de implantar ditadura

Finalmente foi dado a conhecer o famoso vídeo de uma reunião ministerial na qual o Presidente, Bolsonaro, teria demonstrado interesse em se imiscuir em inquéritos da Polícia Federal, inclusive querendo mudar o comando da PF, no Rio, segundo Sérgio Moro. Pelo vídeo tal afirmação não se confirma.


Bolsonaro na "famosa"reunião ministerial


Detalhe que chamou atenção foi o Presidente deixando bem claro que é contra a implantação de uma ditadura no Brasil, ao contrário do que a oposição alardeia. Pela fala, Bolsonaro, apesar do caráter forte, de ditador não tem nada. Ele pede, inclusive, que se difunda no país que ele quer armar a população. "Eu peço ao Fernando e ao Moro, que por favor, assine essa portaria, hoje, que eu quero dar um puta de um recado pra esses bostas, porque que eu tô armando o povo. Porque  eu não quero mais ditadura", sentenciou Bolsonaro no encontro.

Para quem ainda pensava que estávamos com uma ditadura sendo articulada pelo Governo Bolsonaro, a dúvida terminou. O Presidente não teria motivos para dissimular o fato em uma reunião ministerial, privada, até porque o argumento de armar o povo para poder lutar contra uma possível tentativa de violação dos direitos fundamentais, via ditadura, é extremamente robusto.

Toque de Bola

Excelente o programa Toque de Bola - 96 FM Arapiraca - desta sexta, 22, quando abordou o tema "Volta do Futebol". Em um momento em que os informativos esportivos estão monótonos e repetitivos, Antônio Guimarães, usando apenas a tecnologia, conseguiu, em uma enquete, reunir 28 opiniões diversas a respeito do assunto. Opinaram cronistas-esportivos, dirigentes, sindicalistas, árbitros e muito mais gente. Ao final a maioria esmagadora foi contra a volta do futebol no momento presente. 


Antônio Guimarães adiciona criatividade ao microfone da 96


Tenho dito que a diversidade de opiniões, principalmente se em forma de debate é sempre interessante para a audiência. Volto a repetir que a tecnologia favorece, já que permite que pessoas nos mais remotos locais do planeta participem e opinem. Temos enormes casos como exemplo. Haroldo de Andrade com os famosos "Debates Populares", nos tempos áureos da Rádio Globo, o Aqui na Band, que atualmente monopoliza as manhãs da TV brasileira, a Rádio Tupi que também reune uma seleta mesa de comentaristas e coloca o debate no ar, além da Rádio Jornal do Commércio que também usa do mesmo expediente. "Os Línguas de Fogo", na Difusora AM/MCZ, é outro case de sucesso. Só precisa de boa vontade e de uma produção atuante para sair do lugar comum. Tenho dito. 

Walter Luis faz a diferença

Walter Luis sempre apresenta material de qualidade para os ouvintes


Em tempos de Coronavírus, onde o noticiário esportivo, no rádio, está muito repetitivo e desinteressante, o competente, Walter Luis, tem feito a diferença na Maceió AM. Dono de um fantástico arquivo do futebol alagoano e nacional, tem trazido momentos importantes do esporte na AM 1O20. Walter conta o fato e exibe o áudio do momento retratado. Belo trabalho. Parabéns!

terça-feira, 19 de maio de 2020

"Fogo de Chão" fecha as portas e manda conta para Governo do Rio

A megarrede de churrascarias, Fogo de Chão, cerrou as portas, no Rio de Janeiro, por conta da determinação do Governo do Estado Fluminense. A medida levou ao desemprego 690 funcionários. O  alto comando da Fogo de Chão mandou a conta da indenização dos trabalhadores para o Governador, Wilson Witzel, já que foi o decreto do alto mandatário, obrigando o fechamento das unidades que queimou o caixa da Fogo de Chão.


Fogo de Chão acabou no Rio


E não foi por pirraça que a rede de churrascarias fez isso, não. Há embasamento legal para tal. Treta-se do artigo 486 da Consolidação das Leis do Trabalho. Nele está escrito: "No caso de paralisação temporária ou definitiva do trabalho, motivada por ato de autoridade municipal, estadual ou federal, ou pela promulgação de lei ou resolução que impossibilite a continuação da atividade, prevalecerá o pagamento da indenização, que ficará a cargo do governo responsável.".

Pena que a indenização será paga por toda a população do Rio de Janeiro! O bom mesmo seria o dinheiro sair do bolso do Governador, Witzel. Agora já pensou se a moda pega em todo o Brasil!

Lar São Domingos pede socorro

O Lar São Domingos, com sede em Maceió, Alagoas, está passando por momentos de muita dificuldade. É que a entidade que presta assistência social a crianças, adolescentes, gestantes, pessoas em situação de risco, além de trabalho de orientação espiritual, acaba de perder a Certificação de Utilidade Pública Federal, por decisão da Secretaria Nacional de Assistência Social. A SNAS baseou o ato no artigo 18 da Lei 12.101/2009 (A certificação ou sua renovação será concedida à entidade de assistência social que presta serviços ou realiza ações socioassistenciais, de forma gratuita, continuada e planejada, para os usuários e para quem deles necessitar, sem discriminação) e no art. 10, § 1º e art. 38 do Decreto nº 8.242/2014 (A atividade econômica principal constante do CNPJ deverá corresponder ao principal objeto de atuação da entidade/Poderão ser certificadas as entidades de assistência social que prestam serviços ou executam programas ou projetos socioassistenciais, de forma gratuita, continuada e planejada, e sem discriminação de seus usuários).


Lar São Domingos


Sem o reconhecimento o São Domingos fica impedido de receber recursos federais e com o trabalho de assistência prejudicado. Diante do fato a entidade apela à sociedade civil que ajude o Lar a sobreviver. Para tanto é preciso acessar o link, preencher dados pessoais e dizer porque o São Domingos é importante  e deve continuar sendo uma Ong de utilidade pública. É fácil e rápido ajudar. Cabe a você, caso queira, fazer a sua parte.

terça-feira, 12 de maio de 2020

Roberto Marinho e o Governo Militar

Foi um reboliço quando o Presidente, Jair Bolsonaro, em entrevista à Globo News, afirmou que Roberto Marinho havia apoiado o Governo Militar, que derrubou os que haviam derrubado João Goulart. A apresentadora Mirian Leitão, ao final do programa repetiu o que foi passado a ela pelo ponto-eletrônico. A informação desmentia o então candidato, Bolsonaro. A elelição presidencial foi em 2018.


Roberto Marinho com Médici e Figueiredo


Curioso é que 5 anos antes, no canal Mídia de Verdade, o gestor maior da Rádio Tupi Alfredo Raymundo Filho afirma de forma descontraída e categórica o apoio de Marinho ao Governo Militar do Brasil. Vale também registrar que no mesmo Mídia de Verdade, Haroldo de Andrade Júnior fornece uma informação importante a respeito da ligação política da Rádio Globo. Vale a pena ver e ouvir. Agora cada um tire as conclusões que melhor lhe convier.

 

segunda-feira, 11 de maio de 2020

Quem ganha com o Corona?

O Coronavírus abriu uma fase linda na vida dos políticos brasileiros. Por conta da guerra biológica imposta ao mundo pelos chineses e da legislação brasileira, é a hora dos diversos estados: Estado de Emergência, Estado de Calamidade Pública, "estado de insegurança", "estado de safadeza", "estado de corrupção", "estado de ladroagem",  "estado de pouca vergonha" e todos os demais "estados" previstos em tempos em que o que importa é colocar dinheiro do erário no bolso, ficar trilionário e gozar dos enganos terrenos, visto que a colheita - obrigatória - virá logo a seguir. Esperemos.


Praia da Jatiúca, em Maceió


Dentro desta linha de raciocínio, olho com desconfiança o fechamento das praias de Maceió pelo poder público. Confesso que gostaria que fosse tornado público se o material utilizado é de alguma prefeitura, secretaria, órgão público etc, ou se foi terceirizado à luz da DL (Dispensa de Licitação). Em as grades e as fitas tendo vindo de  um terceiro, quem é a pessoa? Que relação tem com o governante que deu a ordem? É familia de alguém ligado à política? E mais. Quanto foi gasto para isolar a área? O valor está alinhado com o mercado ou houve superfaturamento? Que as autoridades respondam, afinal, os eleitores querem saber. Tenho dito.

quinta-feira, 7 de maio de 2020

Editorial não cabe em abertura de programa de rádio

Desde quando passei pela CBN - já faz um tempinho - aprendi que não se deve abrir um  programa de rádio com enfadonhos, cansativos e aborrecidos editoriais. Em um documento assinado por Rodrigo Mineiro, Heródoto Barbeiro e Marcos Gomes, vindo da alta direção  da emissora, os três diziam textualmente, a respeito do editorial: "Não interessa aos ouvintes do rádio moderno, faz acreditar que não existe uma produção". Era o ensinamento que vinha de jornalistas/radialistas experientes, com vivência em grandes veículos de comunicação.


Antônio Carlos e equipe, na Tupi


Pois bem! Passados longos anos ainda vemos no rádio de hoje aberturas de programas com extensos editoriais, que passam a ideia de falta de recheio para a atração do que qualquer outra coisa. Parece até um vício, uma fórmula de bolo que pode ter dado certo em dado momento, mas que está exaurida.

Vamos ver um exemplo de abertura de programa com a participação de toda  equipe. Refiro-me ao "Show do Antônio Carlos", na Tupi, onde o apresentador "gira o peão" e os componentes participam de forma rápida, apresentando o "cardápio" do que será exibido durante o programa. Clique aqui para ver. Outro bom exemplo: clique aqui. É bom lembrar que  sempre é tempo de se reciclar! Tenho dito.

quarta-feira, 6 de maio de 2020

Nada demais entre a discordância de Caio e Casagrande

Mesmo tendo acontecido, na última segunda, 4, ainda hoje é o assunto mais comentado nas mídias sociais do Brasil. Refiro-me ao tolo  e inocente debate entre os comentaristas, Caio Ribeiro e Casagrande, no programa Bem Amigos, no canal SporTV. Foi apenas uma discordância de opinião que se transformou em "caso de polícia". Tudo por conta de uma declaração do dirigente do São Paulo, Raí, que se posicionou contra o retorno do futebol em tempos de Covid-19 e aproveitou para alfinetar o Presidente, Jair Bolsonaro. Caio discordou de Raí e Casagrande ficou contra Caio.


Casagrande e Caio durante o Bem Amigos


E porque todo o burburinho? Resposta: apenas porque, infelizmente na mída esportiva brasileira deixou-se de exercitar o contraditório. Qualquer opinião discordante já é encarada como desrespeito. Meu Deus do Céu! Onde estamos? 

Lembro de grandes debates envolvendo Rui Porto, João Saldanha, Nelson Rodrigues, Armando Nogueira, que levavam a audiência ao delírio. Em Maceió, nos anos 1970, na Rádio Gazeta, Antônio Avelar e Jurandir Costa, protagonizavam verdadeiras batalhas em defesa de CRB e CSA. Os números da audiência pulavam para a estratosfera. O problema é que nos dias atuais está tudo muito "enlatado". Ninguém se arrisca a ter uma opinião diferente. Parece até que está proibido falar o que se pensa. É o terrível e castrador "politicamente-correto" invadindo os estúdios em todo o país. Como diria o personagem Batoré, "Ô, para ae!".

domingo, 3 de maio de 2020

Band demite Silvia Popovic

Silvia e Lacombe


Jornalista, Silvia Popovic, revoltada por ter sido demitida da Band. Segundo ela, a notícia foi passada por telefone. "Esperava uma conversa para enfrentarmmos o momento difícil e não uma demissão", disse à Rede TV. Silvia trabalhava no Aqui na Band. Nos últimos tempos vinha rivalizando com o apresentador, Luís Ernesto Lacombe, principalmente a respeito do tema Segurança Pública. 

quinta-feira, 30 de abril de 2020

Fábrica de números

Por Revista Oeste



Rui Costa (PT): malandragem oficial
 

Governador da Bahia Rui Costa (PT) pede para a prefeita de Porto Seguro Cláudia Oliveira (PSD) arrumar com urgência 200 casos de Coronavirus para colocar nas estatísticas para pedir dinheiro ao Governo Federal. O vídeo da safadeza está disponível no link a seguir: clique aqui e veja a maldade com os próprios olhos.

segunda-feira, 27 de abril de 2020

Ranking não vale para a Série D

Ainda se fala muito em participação de entidade de prática desportiva no Brasileiro da Série D, pelo ranking. Esta possibilidade não existe. A competição é formada originalmente por 68 clubes, sendo 4 rebaixados da Série C de 2019 e 64 oriundos dos campeonatos regionais. Não há  que se discutir a possibilidade de alguém participar pelo Ranking Nacional de Clubes. As vagas da Série D são disputadas dentro dos estados. 


Quantidade de times na Série D  por Estado


Aliás, consultando o sítio-oficial da CBF, em nenhum ano encontrei nenhum clube disputando a Série D em virtude de ranking. Sempre conseguiram a vaga, ou por rebaixamento da Série C, ou  por classificação nos estaduais. Pronto. O tema está pacificado. Onde há vagas pelo RNC é na Copa do Brasil. São 10 ao todo. Portanto, não há mais razão para se aventar a possibilidade de um time entrar na Série D por conta do RNC. Tenho dito.

domingo, 26 de abril de 2020

Live vincula Jean Wyllys a Adélio Bispo

Em uma live, no Canal do Val, neste domingo, 26, no YouTube, a única testemunha que ainda está viva, liga a tentativa de homicídio do Presidente Bolsonaro ao integrante do PSOL, Jean Wyllys, que atualmente vive fora do Brasil.


O criminoso, Adélio Bispo, e Luciano Mergulhador


Luciano Mergulhador afirmou que Adélio Bispo, autor da facada, ao que tudo indica, não agiu sozinho. Mergulhador está à disposição da Polícia Federal para testemunhar no caso, que deverá ganhar desdobramentos a partir das mudanças no Ministério da Justiça e Polícia Federal. Vamos aguardar as respostas que todo o povo brasileiro quer saber. Seguramente, muito em breve, novos fatos surgirão.

sexta-feira, 24 de abril de 2020

Zé Emílio padece

O chefe eterno da torcida do CSA José Emílio vive uma situação de dificuldade com relação à saúde. O entusiasta do Centro Sportivo amarga no coração problemas que o obrigam a constantemente estar frequentando hospitais e casas de saúde. Atualmente vive no bairro de Mangabeiras, em Maceió, em um prédio onde já funcionou o O Jornal. A companhia de Emílio são os vigilantes da edificação. A morada foi cedida pelo amigo-irmão João Lyra, Ex-Presidente do CSA que formou sólida amizade com o torcedor quando dos bons tempos do clube.


Zé Emílio, um símbolo de amor ao CSA


José Emílio é o que se pode chamar de um ser do bem. Sempre bem-humorado, presente aos grandes acontecimentos da sociedade alagoana, comandou a torcida do CSA por longas décadas. Era o responsável pela charanga que animava as arquibancadas quando dos jogos do time azul e branco. Merece todo nosso respeito, carinho e conforto. Que Deus o proteja, Zé!

Torcedor pede reprises na TV

A ausência do futebol está fazendo falta ao torcedor. O hábito de frequentar o estádio, torcer para o time do coração está causando, até, início de depressão em alguns. E é neste momento que bate a nostalgia.


Sérgio Almeida


Pensando nisso o torcedor do CRB, Sérgio Almeida, oferta uma sugestão para as TVs de Maceió. A depender de espaço na grade de programação, reprisar grandes jogos do passado, decisões de campeonato, partidas em que os clubes de Alagoas levaram vantagem sobre adversários poderosos etc. Fica a sugestão do torcedor.

quinta-feira, 23 de abril de 2020

Oportunidade de melhoria

É louvável e merece parabéns a manutenção dos noticiosos esportivos nas emissoras de rádio, mesmo em uma época em que está tudo parado. Ainda que  a bola não esteja rolando o torcedor gosta de ficar sabendo o que está acontecendo no clube para o qual tem inclinação. Mesmo assim, e reconhecendo o esforço hercúleo de quem está no batente, entendo que o tempo utilizado poderia ser melhor aproveitado.


O microfone precisa levar mais conteúdo ao público


O debate é sempre bem-vindo. Opiniões discordantes sempre aguçam a audiência. E como fazer isso se a maioria está trabalhando em casa? Neste momento entra no ar a tecnologia. Do local onde estiverem, os integrantes da equipe podem entrar no ar, pelo telefone ou outra ferramenta, como o Skype, por exemplo. Basta a equipe técnica montar as condições necessárias no lugar onde cada um se encontrar. Agora reconheço. Dá trabalho. Mas, mesmo assim, a trabalheira é uma vez só. Depois de tudo instalado é só ligar e desligar. O canal Fox Sports é  um exemplo. Segue apresentando o Fox Sports Rádio com todos os participantes entrando no ar, by Skype, de casa.

Esta pequena mudança traria vozes que estão escondidas para o éter, incrementaria a qualidade e acabaria com as tenebrosas sonoras com perguntas que são repetidas todos os dias. Já sabemos, até, o que vai ser perguntado: "Você está em Maceió ou fora da Cidade?; Você está treinando em casa ou fora dela?; Você tem algum idoso ou pessoa em situação de risco na família? Agora que temos mais tempo, passe para a gente o seu currículo...".

Vamos combinar. Mesmo na sonora (entrevista gravada) os temas podem ser ampliados. Lembro-me de Jô Soares - o melhor entrevistador do Brasil - que quando iria entrevistar, por exemplo, um cientista a respeito da inclinação do eixo da Terra e descobria durante a conversa que o entrevistado havia sido cobrador de ônibus, esgotado o tema principal, passava a buscar curiosidades ocorridas nas viagens em bólido coletivo. O mesmo pode ser feito quando das sonoras em época de Covid-19. Tenho dito.

quarta-feira, 22 de abril de 2020

Alagoas não pode herdar vaga do São Caetano

Atenção! Muita atenção! O Blog informa: A desistência do São Caetano (SP) de participar da Série D de 2020, não abre vaga para nenhuma Federação, exceto a Paulista, visto que o São Caetano ocupava uma das quatro vagas reservadas para São Paulo. Segundo o regulamento da Série D, "A vaga pertencerá ao Clube classificado a seguir, em relação à posição do Clube desistente", portanto, em caso de substituição o herdeiro será de São Paulo.

 
Extrato do Regulamento da Série D de 20


O fato já foi verificado no atual campeonato, quando a Patrocinense (MG) desistiu de jogar a D e foi substituída pelo Villa Nova, também de Minas. Só para esclarecer um pouco mais. As vagas da D pertencem às Federações. Cada clube ganha a vaga dentro da Federação a  que pertence.

domingo, 19 de abril de 2020

Federação anula campeonato alagoano

Estou absolutamente convencido de que  a manchete  acima muito em breve estará em todas as mídias que tratam do futebol alagoano. É que diante da parada na competição e a miserabilidade dos clubes de Alagoas, fica impossível o retorno do certame. Algumas entidades de prática desportiva já mandaram os profissionais da bola para casa em definitivo.


Sorriso do Alagoano vai desaparecer


E como ficariam as coisas? Em 2020 não há campeão porque o campeonato não terminou. As vagas da Copa do Nordeste, Copa do Brasil e Série D de 2021 seriam obtidas no Alagoano de 21 e valeriam para 21 e 22. Fica tudo certo, ninguém reclama, não se declara campeão de uma competição que não terminou, o CSA não tem a campanha do tricampeonato interrompida e também ninguém é rebaixado.

E no quesito rebaixamento, como ninguém teria caído em 2020, o Alagoano de 21 teria 9 equipes (as 8 deste ano e mais o vencedor da Segunda Divisão de 20) e rebaixaria duas, para que em 22 tudo voltasse ao normal. Não creio que tenhamos qualquer coisa diferente disso aí. Vamos aguardar a palavra oficial da Federação Alagoana de Futebol.

segunda-feira, 6 de abril de 2020

A fuga da ansiedade está dentro de você

Nos tempos atuais a ansiedade tem sido uma aliada negativa das pessoas. São obrigações no trabalho, metas diárias a cumprir, determinações de superiores hierárquicos que precisam ser atendidas etc. Além de tudo isso ainda existem as obrigações financeiras, família, trânsito caótico nas cidades brasileiras, violência urbana, entre outros. O resultado é a geração de ansiedade, visto que o tempo parece pequeno para atender a todas as demandas.


O ansioso é um sofredor acima de tudo


E é aí que o corpo cobra desaceleração em forma de: dor de cabeça, nervosismo, raiva, problemas de memória e concentração, hipertensão arterial, refluxo, aumento ou diminuição do apetite, diarreia, constipação intestinal, formigamento nas mãos e pés, respiração acelerada, insônia, tontura, aumento da transpiração, boca seca, taquicardia, e até impotência nos homens. Estes são apenas alguns. Existem muitos outros.

E o que fazer? A solução está dentro de cada um. Algumas coisas simples, como  slow down (desacelerar); frequentar uma igreja; cultivar o hábito da prece, do perdão e da declaração de amor; trabalhar em obras sociais; fazer o bem, produzem resultados inimagináveis. Conheço gente que estava para realizar cirurgias inadiáveis e depois que adotou a tríade PPD (Prece, Perdão e Declaração de Amor) viu a doença desaparecer e se livrou da operação. Reflita e mude a sua vida. Quando você foca apenas no bem-comum, esquece o egoísmo, torna-se altruísta e colabora com pensamentos positivos para mudar a psicosfera do planeta, dá um gigantesco passo em busca da felicidade. Reflita e mude já!

domingo, 5 de abril de 2020

Novo vírus no Brasil: agora é o pilantravírus

O que vai ser colocado, aqui, não se aplica a todas as pessoas. Por favor, você que é um ser do bem e que honra suas obrigações não se sinta atingido pelas minhas palavras! Agora se você é um(a) pilantrinha, coloque a carapuça que não tem problema, mas a verdade tem que ser dita, doa em quem doer.

Fato é que há um número considerável de pessoas que não gostam de pagar as contas, que está surfando no Coronavírus para se eximir dos deveres. Tem gente dizendo que não pode pagar o condomínio, não tem condições de arcar com o aluguel, não vai pagar a prestação do carro, vai passar ao largo do IPTU, não quer pagar a conta de luz e de água, tudo por causa do Corona. 


Pilantragem já abriu as faixas


Vamos combinar! Existem pessoas que perderam o emprego, outras ficaram sem receita por outros motivos, como é o caso dos ambulantes, mas é fato que existe muito pilantra querendo se aproveitar da situação para não pagar a quem deve. Aí eu fico pensando: nem mesmo o Coronavírus, com todas as consequências que produziu, foi capaz de metamorfosear o comportamente de tais elementos! Como diria aquele profeta de botequim: "Só matando.".

O tempo de Carlo Ancelotti

Estou absolutamente convencido de que o extraordinário treinador, Carlo Ancelotti, não tem a menor condição de trabalhar em Alagoas. Seria de pronto rotulado de "preguiçoso". Tudo por conta do método de trabalho que aplica.


Carlo Ancelotti indica os novos rumos do futebol


Em uma semana típica de trabalho, após jogar no domingo, ele traça o treinamento da seguinte forma: segunda, descanço; terça,  53 min no período da tarde; quarta, 67 min pela manhã; quinta, 43 min à tarde; sexta, 45 minutos na parte da manhã;  sábado, jogo pelo campeonato; e domingo, 45 minutos de trabalho no período matinal.

Já estou imaginando o vencedor, Carlo Ancelotti, à frente de CSA ou CRB implantando a metodologia consagrada por onde passou. Os comentários seriam: "O time não treina", "Na maior parte do tempo os atletas estão de folga", "A equipe tá cansando no segundo tempo, mas também, sem treinar, não suporta o ritmo da competição", "A equipe tem que treinar dois períodos", "Onde já se viu um time que treina apenas um período do dia!".

Infelizmente para nós que vivemos, em Alagoas, nunca teremos por aqui um treinador do porte de Carlo Ancelotti, mas pelo menos, mesmo sem ele, poderemos rever nossos conceitos e nos ligarmos na qualidade e intensidade, em vez de focarmos apenas na quantidade. Tenho dito.

sábado, 4 de abril de 2020

O exemplo que vem do Chelsea

Já nas páginas 166 e 167 do maravilhoso Mi Árbol de Navidad (Minha Árvore de Natal), escrito por ninguém mais, ninguém menos que Carlo Ancelotti, que dispensa apresentações, fiquei a comparar a estrutura do Chelsea com equipes do futebol alagoano. "Pode isso, Murta?". Pode, pois é sempre bom nos cotejarmos com quem é melhor, visto que é uma maneira de tentar crescer. Olhar para baixo apenas nos dá a falsa sensação de superioridade.



Ancelotti e sua árvore de Natal



Muito bem! Está  dito na 166 e na 167 que o time inglês possui 30 campos para treinamento, sendo 3 com aquecimento que vem do solo para trabalhos em dias frios e sem chuva. Entre os 30, existe  ainda um de grama artificial que é coberto.

Dá para imaginar a magnitude de uma equipe como esta! Dá para entender o motivo de o Chelsea ser um dos maiores clubes mundiais! Fica fácil de saber o porquê de pagar salários astronômicos aos atletas e comissão-técnica, além de excelentes quantias aos demais funcionários. 

Outra coisa. Não se chega a este estágio do dia para noite. É preciso muito trabalho fora do campo, feito por equipe multifacetada, para alcançar resultados no longo prazo. Para quem está com o "pires na mão" e acredita em reviravoltas, a hora de começar é agora. Fica o exemplo.

sexta-feira, 3 de abril de 2020

O planeta respira

Será que o Coronavírus é algo tão terrível assim? Por um lado a resposta é sim. Por outro é não. Ele traz malefícios para idosos e integrantes dos grupos de risco, mas em compensação gera comportamentos altamente positivos. Vejamos!

Ensinou princípios básicos de higiene que devem ser respeitados sempre, independente de um vírus específico estar circulando (lavar as mãos ao chegar a casa, restaurantes, trabalho e demais locais; usar água e sabão após ter usado o vaso-sanitário; limpar as narinas durante o banho,  bem como lavar o cabelo etc). O medo da contaminação a a clausura obrigaram pais, filhos, netos, conjuges e afins a conviverem mais, trocar ideias, entender um ao outro e por aí vai...


Por enquanto a fumaceira parou


Agora, atentai bem! O planeta - nossa casa - está tremendamente agradecido. A paralisação dos transportes e da indústria fizeram com que o ar que respiramos ficasse mais puro, afinal é muita máquina deixando de despejar CO2 no meio ambiente. Este talvez tenha sido o maior benefício do Corona. O planetinha pegou carona e está nos oferecendo um oxigênio de melhor qualidade.

quinta-feira, 2 de abril de 2020

Troféu para os ladrões

A Taça do Campeonato Alagoano 2020 foi roubada por homens com rosto coberto, quando era conduzida da fábrica para Maceió. A Federação Alagoana ainda não tem maiores informações a respeito do sinistro e está atuando junto às autoridades policiais para se inteirar do assunto.


Alagoano fica sem taça


Depois da Jules Rimet, que foi furtada da CBF e deixou o Brasil sem o maior símbolo da conquista do Mundial de 1970, agora uma taça, ainda sem dono, fica pelo caminho. Seria um sinal de que não teremos campeão, em Alagoas, neste 2020! Quem souber que informe.

quarta-feira, 1 de abril de 2020

Consultor, Ivan Maia, dá dicas para mulheres


Ivan Maia


Assisti a um vídeo muito legal, de Ivan Maia. Ele lista 6 Tipos de Mulheres Difíceis de Lidar. Vide abaixo. 

1) Rixosa 
2) Matraca
3) Cuidadora da Vida Alheia 
4) Ciumenta
5) Displicente
6) Chefona

Claro que outros tipos poderiam ser inseridos na lista: a acumuladora, a controladora, a centralizadora etc. Por enquanto ficamos por aqui. Ah! Para assistir ao vídeo clique no link a seguir: 6 Tipos de Mulheres Difíceis de Lidar.

terça-feira, 31 de março de 2020

A hora de comprar está chegando

O Coronavírus vai passar e as pessoas - imunizadas - não mais contrairão a Covid-19 (sigla em inglês para Doença do Vírus Corona). Sendo assim, a vida voltará ao normal. O comércio e a indústria abrirão as portas e precisarão vender. E é neste momento que o consumidor poderá adquirir produtos por preços reduzidos, principalmente eletrodomésticos e carros.


Produtos precisarão sair da prateleira


Quem teve condição de juntar uma graninha terá a grande oportunidade de barganhar bons preços, principalmente porque a Lei da Oferta e da Procura estará do lado do consumidor, visto que não haverá uma grande busca por eletroeletrônicos.

Do outro lado da moeda estarão os "inocentes", principalmente, bares, restaurantes e similares que irão tentar ganhar em uma semana o que deixaram de receber em um mês. Para estes as portas continuarão cerradas. Agora por falta de cliente. Aguardemos!

segunda-feira, 30 de março de 2020

A notícia nunca será velha

Escutei por descuido de quem falou a seguinte frase: "Daqui a pouco a gente volta com novas notícias". Claro que foi uma distração do repórter. Notícia é aquilo que é novo. Se é velho, não é notícia. O radialista deveria ter dito: "Voltamos com novas informações" ou "A gente volta com outras informações".


Zelo com a informação é fundamental no jornalismo


Dizer novas notícias é o equivalente a falar: de ré para trás, subir para cima, descer para baixo, entrar para dentro,  encarar de frente,  quantia em dinheiro, contexto geral, novo lançamento, inserir dentro, panorama geral, enquadrar dentro e outras do gênero.

Nenhuma crítica ao colega que "cuspiu a castanha". Sabemos que foi um  daqueles momentos em que o ao vivo nos derruba. O post é apenas  uma oportunidade para aclarar o cérebro de todos.

domingo, 29 de março de 2020

Coronavírus, o novo cabo-eleitoral dos políticos inescrupulosos

Após a eleição de Jair Bolsonaro (PSL) COM 57,8 milhões de votos, a oposição não se deu por vencida. Iniciou uma campanha violenta de desconstrução da imagem do Presidente de todos os brasileiros. Entre tanta coisa prometida, uma era parar o país, fato que não conseguiu porque os eleitores de Bolsonaro seguiram firmes ao lado do Presidente. Mesmo assim, os opositores seguiram firmes na tentativa de parar o país, algo importante para o jogo político deles. O tempo passou e a parada não aconteceu.


Até vírus serve para politicagem no Brasil


Foi aí então que surgiu um ser invisível que atende pelo nome de Coronavírus. Era o que os inimigos do Governo esperavam. Eis que surge a oportunidade de parar o Brasil de Norte a Sul. O Coronavírus foi então vendido como capaz de dizimar a humanidade. Algo que teria chegado para varrer o ser-humano da face do planeta. Unidos, todos os que sonham com a desgraça para o Brasil começaram a lavagem cerebral. A grande mídia chegou mesmo a tirar do ar alguns programas para ter mais tempo de bombardear as mentes dos brasileiros com o terror da Covid-19. 

Mas, como na vida tudo passa, o Coronavírus também está passando e a população percebendo a manipulação que estava sofrendo. A preocupação não era com a saúde das pessoas, mas com o jogo político. As duas próximas eleições: 2020 e 2022. Felizmente todos acordamos e já sabemos quem são os aproveitadores do momento.

E atenção! Não entenda o que foi dito acima como uma negação ao vírus e a doença provocada por ele. Sabemos que o Corona existe e que a Covid, também. Entendemos que há risco para idosos e pessoas que fazem parte do grupo de risco. O que estamos chamando atenção é para os malditos políticos, que se apropriam de uma doença para tirar proveito eleiçoeiro. Estes merecem ser infectados pelas urnas.

sexta-feira, 27 de março de 2020

Entendendo a "quarentena"

Em tempos de Coronavírus um termo virou sensação em todos os locais, noticiários, conversas etc. Estamos nos referindo a palavra "quarentena". Ela foi usada indiscriminadamente, sem que muitos falantes soubessem o significado.


Nem sempre o fato de ficar em casa significa estar em "quarentena"


Foi um tal de "quarentena de 15 dias",  "quarentena de 60 dias" e muitos outros tipos. O simples fato de ficar uma semana em casa foi chamado de "quarentena". Mas não é bem assim. "Quarentena" significa um período de 40 dias, portanto, não pode existir "quarentena" de 15 dias.

O que houve na verdade foi um período de confinamento por um número determinado de dias, a depender de cada caso. Pelo menos o Coronavírus veio para nos ensinar mais esta lição. Então, vamos combinar! De agora em diante quando você usar o termo "quarentena" o faça apenas se estiver se referindo a um período de 40. Ficou claro? Acho que sim. Caso contrário poderemos repetir quarenta vezes.

Felizmente a vida vai voltar à normalidade

Depois das recentes notícias a respeito do terrível Coronavírus, chego a conclusão que estava no caminho certo quando publiquei, no dia 17 de março, o post Coronavírus: o pânico é maior que a realidade. Naquela ocasião afirmamos: "A impressão que dá é que existe algum interesse oculto na informação, que sempre procura passar pânico à população".


Entenda o Covid sem estresse


Felizmente que o susto já está passando e a vida vai voltar ao normal. Tristeza para a turma que prefere ver o circo pegando fogo, desde que estejam fora da fogueira. Entendo. São sinais dos tempos. O Globo está mudando e  em um futuro não tão distante - o tempo passa rápido - novos seres estarão habitando o orbe e trazendo paz e desenvolvimento para todos os viventes. Nós; os malvados; os que apostam no quanto pior, melhor; já estaremos no lugar que nos cabe, com muitas lágrimas e ranger de dentes. Esta é a lei. Acredite se quiser. Tenho dito.

quinta-feira, 26 de março de 2020

Litoral renova


Marca Litoral se consolidando na revelação de valores


Litoral FM/MCZ está se especializando no lançamento de profissionais para abastecer o mercado do microfone alagoano. Os mais recentes a surgirem na 95.5 são Roni Santos, Cicero Santos, Roberto Santos e Walter Santos. Chamo atenção especial para Walter, que tem protagonizado boas aparições no programa Bronca Geral, apresentado por Ronaldo da Paz. Boa sorte a todos!

quarta-feira, 25 de março de 2020

O que será do Campeonato Alagoano!

Tenho acompanhado a preocupação de todos para com a possibilidade do Alagoano de Futebol Profissional não ter datas para ser concluído. O problema todo está nas vagas para a Copa do Brasil, Copa do Nordeste e Série D, que são conquistadas no Alagoano. Entendo que existem algumas saídas para o imbróglio.


Taça do Alagoano poderá virar peça de museu


A primeira delas seria decretar o campeonato encerrado, com a manutenção das atuais posições. Alguém iria reclamar, claro, principalmente o rebaixado, mas, vamos combinar, alguém tem que ir para o sacrifício. A segunda saída seria anular o  Alagoano de 2020 e, em 2021, realizar um campeonato com os oito que estão na disputa, este ano, e  mais a equipe que vier da Segunda Divisão. Para voltar a ter 8 equipes em 2022, em 2021, duas equipes seriam rebaixadas. E as vagas da Copa do Brasil, Copa do Nordeste e Série D de 2021 viriam de onde? Do Alagoano de 2021.

Entendamos que tudo que estamos aventando é em função da excepcionalidade vivida em função de um fato superveniente, que pegou todos  desapercebidos. O maldito Coronavírus. O abacaxi está nas mãos da Federação, que deverá trabalhar por decreto. Se chamar para conversar e encontrar uma solução negociada, provavelmente não conseguirá consenso.

Antes tarde do que nunca

Acompanhei com muito interessse limpezas profundas sendo feitas em áreas públicas, em Maceió. Considero o trabalho importantíssimo e fundamental para que tenhamos uma cidade mais limpa e com menos doença. A pergunta que fica é: por que este tipo de ação não é praticada, não é rotina em nossas vidas? 


Mercado da Produção, em Maceió: exemplo de descaso com a saúde


Foi preciso o Coronavírus chegar para ensinar que devemos manter o ambiente limpo, conseguintemente, livre de insetos e vírus! A indagação que fica é: depois que passar a ameaça - vai passar - manteremos as medidas de higiene ou voltaremos a viver em um ambiente indigno, impróprio, indevido, que nos remete aos primórdios da civilização. Vamos fazer a nossa parte, mantendo as áreas públicas próximas de nossas casas e locais de trabalho limpas, ou voltaremos a jogar tudo no leito das ruas. É hora de reflexão. Tenho dito.

Radialista lança moda


Radialista, Ronaldo da Paz (Litoral FM/MCZ), merece parabéns pela criatividade. Em tempos de Coronavírus criou a máscara feita a partir de garrafa pet. Ajuda a protejer olhos, boca e nariz, além de ser uma solução ecologicamente correta, visto que evita que mais uma garrafa plástica vá poluir o meio ambiente.


Da Paz e sua máscara pet


Ronaldo só não informou se patenteou o invento. Caso não tenha feito isso ainda, poderá ver um cabrón qualquer se apoderar da invenção. Vamos aguardar quais serão as novas criações para nos protejermos do maldito Corona e evitarmos a terrível Covid-19.

segunda-feira, 23 de março de 2020

Fox Sports Rádio pelo Skype

Gostei muito, mas muito mesmo, da saída encontrada pela Fox para manter a programação e atender a recomendação de que todos fiquem em casa por conta do perigo de contágio pelo Coronavírus. A saída simples, tem na tecnologia forte solução.


Pessoal da Fox deixou o estúdio para fazer o programa no conforto do lar


O programa Fox Sports Rádio, apresentado com a presença de vários cronistas, no estúdio,  continua indo ao ar, com os mesmos personagens e até convidados, só que todo mundo participa da atração, de casa, by Skype. Fica a ideia para outros veículos de comunicação que simplesmente tiraram do ar algumas atrações. E olha que fica mais fácil e mais barato a realização do teletrabalho, sem contar que com quase toda a audiência em quarentena, seguramente que a possibilidade de aumento da audiência, cresce. Tenho dito.

sexta-feira, 20 de março de 2020

Coronavírus: o maior professor que já visitou o Brasil

O Coronavírus está ensinando, pelo sofrimento, o que todo brasileiro já deveria saber de ofício. Com medo do encardido muitas medidas estão sendo adotadas no meio do pânico que se estabeleceu no Brasil. Só que tudo isso já deveria fazer parte da rotina do nascido na Terra Brasilis, desde o primeiro minuto de vida, mas, infelizmente nossa péssima educação não nos permite, ou pelo menos permitia até o presente, adotar medidas mínimas de higiene.


Lavar as mãos com água e sabão, o melhor antídoto contra doenças


Por puro temor de se ver abraçado  com a Covid-19, de uma hora para a outra passamos a lavar as mãos ao chegar a casa, usar água e sabão após utilizar o vaso sanitário, lavar o cabelo e limpar o nariz ao tomar banho, higienizar as mãos antes de comer, despejar água fervendo nos pratos após lavá-los etc. A pergunta é: por que não fazíamos isso antes? Respondo: porque papai e mamãe não aprenderam com vovó e vovô, portanto, não ensinaram aos filhinhos e filhinhas, que também não ensinarão aos netinhos, a menos que o Corona mate alguém dentro de casa.

Outras medidas que estão sendo  feitas emergencialmente devem ser estendidas para depois da crise, como horário ampliado nas Unidades Básicas de Atendimento, higienização do transporte-coletivo, teletrabalho, instalação de pias com água e sabão em locais públicos,  entre outras. Mas, infelizmente quando tudo passar -  e vai passar - esqueceremos os cuidados e vamos esperar por um vírus mais letal para acordarmos para a realidade. 

E o que é pior. Não dúvido que muitos que estejam lendo este post, exclamem consigo. "É muita frescura". Mas, como já dizia um sábio da antiguidade, "Quando não aprendemos pelo conhecimento, aprenderemos pelo sofrimento.". Tenho dito,