.

.

terça-feira, 31 de outubro de 2017

Copa do Nordeste, agora é do SBT

 
A Copa do Nordeste de 18 e 19 será exibida pelas afiliadas do SBT, na região. A cobertura atinge 89% dos domicílios nordestinos. A competição vai de 17 de janeiro a 10 de julho do ano que vem. 
 
 
Além da Taça para o campeão, a Nordeste paga um bom prêmio em dinheiro aos participantes
 
 
O melhor de tudo é que, em Alagoas, caberá a TV Ponta Verde - esperamos - mostrar os jogos de CSA e CRB. Isto tem um respingo direto na mídia-esportiva, visto que para transmitir as partidas precisará de profissionais, como narradores, comentaristas e repórteres, além de uma sustentação diária com programas esportivos, o que demandará, um âncora, cinegrafistas e  editores. É por isso que defendo sempre o crescimento do futebol de Alagoas. Se os times do Estado forem bem e conseguirem espaços, todos ganham, inclusive nós que fazemos a mídia. Sucesso a todos!

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Site da Acea já está no ar


O site está no ar em fase experimental

Já está no ar o sítio-eletrônico da Associação de Cronistas Esportivos de Alagoas. Nele o internauta pode acessar redes sociais, sites ligados ao futebol, o Blog do Murta, ver vídeos, deixar recados e muito mais. O site da Acea também irá, em breve, contar com a primeira web rádio de uma entidade de classe ligada ao esporte. Esperem pela novidade! Por enquanto é apenas uma fase de teste. Muito em breve tudo estará no ar em definitivo. Ah! Pedidos de filiação e encaminhamento de documentos serão feitos no próprio site para facilitar a vida dos futuros associados. A Acea está chegando com tudo e não está prosa.

Alagoas convoca atleta que atua no profissional do CRB para o Sub-20

Vale a pena ficar de olho no volante, Leo, formado no CRB, convocado para a Seleção Alagoana Sub-20, que vai disputar a Copa de Seleções Estaduais Sub-20,  competição  promovida pela CBF, que tem início no dia 1º de dezembro, no Rio Grande do Sul. Alagoas enfrenta o Acre e o Rio Grande do Sul na primeira fase.

Apesar de sub-20, Leo já treina entre os profissionais do CRB há um bom tempo. Possuidor de corpo físico avantajado para a idade, desarma muito bem e tem um toque refinado na bola. Muito disciplinado tecnicamente, cumpre fielmente o que é determinado pelo treinador. Outra qualidade é a bola parada. Foi assim que decidiu o Alagoano Sub-17, em 2014, em favor do CRB. 


Elegância de Leo na bola parada na decisão do Sub-17, em 14


A convocação ainda não é definitiva, visto que foram chamados 24 jogadores e apenas 18 jogarão o certame nacional. Mesmo assim, é muito provável que Leo esteja entre os 18 de Bebeto (treinador). Ninguém vai querer abrir mão de um atleta com as qualidades citadas acima. Ah! Se o escrete alagoano for bem no campeonato e conseguir avançar para fases mais decisivas, muito provavelmente o CRB fará dinheiro com sua joia.

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Parabéns, Trapichão!

O Estádio Rei Pelé completa, nesta quarta, 25 de outubro, 47 anos de existência. Nasceu do sonho do Governador Lamenha Filho, que apostou na ideia que viria a ser concretizada em 1970.
 
 
O quarentão, Trapichão, elevou o nível do futebol em Alagoas
 
 
O jogo inaugural foi entre a Seleção Alagoana e o Santos. Pelé foi o nome da festa. Os paulistas venceram por cinco a zero, tendo o Rei marcado 2 gols. O primeiro a balançar as redes do novo estádio foi Douglas. Segundo o sítio-eletrônico, Wikipédia, estiveram presentes ao jogo 42.326 espectadores. Depois de inaugurado o Trapichão, como é chamado, já passou por duas reformas, que reduziram a capacidade para 17.126, ainda conforme o site Wikipédia.
 
O estádio já presenciou grandes momentos, como jogos da Seleção Brasileira, presença dos maiores clubes do Brasil, foi sede da minicopa, disputada em 1972. Recentemente o grande momento foi a conquista do Brasileiro da Série C pelo CSA, ao empatar por zero com  o Fortaleza, no último sábado, 21. Por tudo que representa para o futebol alagoano só nos resta dizer: parabéns, Trapichão!

terça-feira, 24 de outubro de 2017

Federação Alagoana quer entender a realção do torcedor com o futebol

Muito boa a iniciativa da Federação Alagoana de Futebol de realizar uma pesquisa com o torcedor para saber dele os desejos, expectativas e vontades que nutre em relação ao Alagoano de 18. Denominada de Fala Aí, Torcedor, a enquete busca saber qual a melhor fórmula para o campeonato, onde o cliente compra ingresso, quantas vezes vai o estádio, o que o move para o campo e ainda pede sugestões para a melhoria do espetáculo. 


Fala aí, torcedor


Perfeito. É assim mesmo que tem que ser feito. Tudo respondido rapidamente no  sítio-eletrônico da Faf e também pelas redes sociais. Cada um só responde uma única vez, para evitar respostas viciadas. E o que é melhor: ao participar, a pessoa ainda concorre a prêmios. Serão distribuídas 10 bolas oficiais com os que se dispuserem a responder e oferecer sugestões. Parabéns pela iniciativa!

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Casou com a cunhada do pai e embaralhou a família

Um fato extremamente pitoresco envolve há anos o Senhor, Laércio Santos, 75. Tudo aconteceu na cidade de São Brás, em Alagoas, quando Laércio resolveu casar com a cunhada do pai dele. Foi o suficiente para gerar parentesco em cascata na família.


Laércio coleciona parentescos duplicados e triplicados


Com o nascimento do único filho, virou pai e primo do rebento ao mesmo tempo. Da esposa, além de marido, é primo e sobrinho por afinidade. Há um outro caso em que Laércio é ao mesmo tempo, irmão, tio e primo de uma mesma pessoa. Das cunhadas e cunhados do pai, ele também é primo. Para completar a confusão, Seu Santos não sabe o dia do nascimento, visto que tem duas datas, uma real e  outra na certidão de nascimento.

Apesar da situação que para alguns poderia parecer caótica, ele tira de letra. Passou a vida inteira curtindo com os amigos, dançando e tomando umas geladas. Sabe ser feliz.

Acolha-me

Uma linha está à disposição de quem se acha triste, transtornado, desesperado, sem esperanças, pensando em tirar a própria vida ou cometer outro ato tresloucado. É o Acolha-me, que oferece apoio emocional aos que se encontram em momentos difíceis e necessitam de um ouvido amigo. Profissionais especializados estão do outro lado da linha esperando pela sua chamada, sempre com uma palavra amiga e uma orientação voltada para o bem.


Projeto é voltado para acolher todas as pessoas necessitadas


Os números para os que precisarem de ajuda são: 82 4101 1539/ 82 9 9941 0326 e 82 9 8891 0820. Os ouvintes atendem das 8h às 12h e das 14h às 22h. Se está com problemas, chame. Um ouvido amigo vai dar a atenção que você está precisando.

CSA coloca Alagoas no seleto grupo de campeões nacionais

A conquista do Brasileiro da Série C pelo CSA não é um título exclusivo do Centro Sportivo. Ele pertence ao futebol de Alagoas. Todos venceram. Clubes, Federação, profissionais que trabalham com o futebol e a mídia-esportiva. Foi uma conquista merecida, que tira Alagoas da zona sombria dos estados que nada conquistaram nacionalmente. Que a vitória do Estado na C abra as portas para novas conquistas. Todos precisamos delas.


Campeões brasileiros posam após a conquista do título (Foto:CSA)


Os números do CSA não deixam dúvida de que foi a melhor equipe da C na competição encerrada no último sábado, 21. Foram 12 vitórias em 24 jogos, sofrendo apenas três derrotas e nove empates. No ataque, o Azulão foi pontual balançando as redes em 27 oportunidades. E na defesa foi ainda mais seguro, levando somente 14 gols ao longo da competição. Só nos resta parabenizar a fantástica facção azul de Alagoas!

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

PTB agora manda na Agricultura de Alagoas

A chave da Secretaria de Agricultura de Alagoas está nas mãos da Ex-Prefeita de Arapiraca Célia Rocha. É dela a indicação do novo Secretário Antônio Santiago, bem como do Secretário-Executivo Manoel Henrique Cavalcante. Célia emplacou ainda o Presidente da Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária do Estado de Alagoas Augusto César Jatobá e ainda tem outros cargos para indicar.


Prefeita não esconde a felicidade pelas indicações que fez


A expectativa é que mais duas peças possam ser mexidas no edifício-sede da Seagri de Alagoas, além de várias superintendências. Vamos aguardar as horas para saber em quais cadeiras teremos novos glúteos dispostos.

Álvaro Vasconcelos  deixa o cargo afirmando ter realizado "grandes inovações" durante o tempo que ficou na pasta. Vale frisar que as mudanças já fazem parte do xadrez político-partidário de apoio a candidatura do Governador de Alagoas Renan Filho (PMDB), que busca reeleição ano que vem.

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

CSA e Caixa agora são parceiros


 
CSA já exibe uniforme com a marca da Caixa

CSA não espera o tempo passar. Diretoria trabalha fora de campo, enquanto atletas e comissão desempenham as tarefas dentro dele. Nas quatro linhas o time decide o título de Campeão Brasileiro da Série C, neste sábado, 21, em Maceió, com o Fortaleza. Nos bastidores a diretoria conseguiu o patrocínio da Caixa Econômica Federal, que será a patrocinadora master do Centro Sportivo.


Gestores do CSA e da CEF exibem camisa do clube


Como se pode constatar o ano que vem já começou a ser trabalhado pelos dirigentes marujos, uma boa sinalização, visto que tempo é dinheiro (time is money) e quem urge no tempo acaba ganhando dinheiro mais na frente, seja diretamente, seja indiretamente com títulos e posições, que em última análise podem ser contabilizadas como dinheiro em caixa. O patrocínio da Caixa é um bom exemplo disso. É fruto direto do acesso à Série B, conseguido pelo CSA neste ano de 17.

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Sem ilusão

O CSA não pode se enganar, em caso de conquista da Série C, e  pensar que tem um time pronto para a Série B. Seria uma miopia que poderia conduzi-lo de volta a C. Precisa ver do atual elenco quem tem, realmente, condições de vestir a camisa do clube na B. Grosso-modo, vejo o goleiro Mota, o zagueiro Jorge Felipe, os laterais Rafinha e Raul, o volante Boquita e o meia Daniel Costa como peças capazes de vestir o manto azul na Série B, no time principal. Há ainda jogadores capazes de compor o plantel: Didira, Dawhan, Marcos Antônio, Edinho e o atacante Michel. Com todo respeito aos demais, precisam de mais bola para jogar uma série mais acima. 


Jogadores de qualidade serão fundamentais para permanecer na Série B


Claro está que o CSA não terá como manter o zagueiro Jorge Felipe, visto que o atleta tem a cobiça da Ponte Preta e do São Paulo. Não dá para competir. Ah! E o técnico? também buscaria alguém mais qualificado que Flávio Araújo. Um nome de Joel Santana para mais.

Vale frisar que aqui não se trata de desvalorizar ninguém, mas entender que se há objetivo de pelo menos permanecer por um bom tempo na B, antes de alçar um voo mais alto, é preciso mais qualidade dentro e fora do campo. Uma conquista - ainda não aconteceu - não pode vendar os  olhos de quem comanda para não cair em ilusão. Tenho dito.

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Até quando!


Cruzamento bloqueado: rotina em Maceió

Até quando o motorista de Maceió vai permanecer fechando o cruzamento das ruas! Até quando nós vamos ser obrigados a ficar esperando para seguir em frente, apenas porque um outro motorista resolveu fechar o cruzamento! Até quando socorros serão impedidos de acontecer por conta de um qualquer fechar o cruzamento! Até quando a população de Maceió vai suportar esta estupidez! Até quando a SMTT vai fazer de conta que o problema não existe! Até quando esta falta de educação vai permanecer! Até quando o sentimento de dono do bem público vai perdurar! Até quando! Até quando! Até quando!

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Corpo de educadora é sepultado, em Maceió

O Blog homenageia a passagem com flores virtuais


Foi sepultado nessa terça, 10, no Cemitério Parque das Flores, o corpo da educadora Norma Murta, que durante anos se dedicou a formação de crianças, jovens e adolescentes no Colégio de Santa Terezinha, no bairro do Farol, em Maceió. O velório foi prestigiado por boa parte da sociedade maceioense e repleto de emoção e saudade. Que Deus conceda a ela uma boa morada na Pátria Espiritual!

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Ambulantes estão de volta à Rua das Árvores


Poucos dias após a Prefeitura de Maceió ter tirado os vendedores ambulantes da Rua das Árvores, no centro da Cidade, eles já estão de volta, atrapalhando o trânsito de veículos e as pessoas de circularem livremente pelas calçadas. Uma esculhambação que persiste há anos e que ninguém dá jeito. Até quando a bagunça vai continuar? Com a resposta a municipalidade.
 
 
Ambulantes comercializando livremente na Rua das Árvores (Foto: Nise Carvalho)
 
 
É evidente que teremos discursos do tipo: "Mas os coitados não têm outra forma de sobrevivência. Se tirarem eles de lá morrerão de fome" e outras coisas do gênero. Não sou contra o ganha-pão de ninguém, mas existe um lugar para cada coisa e cada coisa tem que estar em seu devido lugar. Em nome da sobrevivência não se pode gerar um desequilíbrio na convivência urbana. Fosse assim seria permitido isolar uma avenida de grande fluxo de carros e instalar uma feira livre 24h. Sei que o problema passa pelo registro humanitário, mas o bem comum está acima de tudo. 

terça-feira, 3 de outubro de 2017

Na hora errada

Uma das marcas de um povo é a maneira como faz as coisas do dia a dia. Os mais civilizados utilizam os recursos de forma que o todo seja beneficiado. Os atrasados olham apenas para o próprio umbigo, sendo a tarefa o  mais importante, não se preocupando se outras pessoas serão prejudicadas, desde que a atividade seja realizada.


Caminhão do lixo parado em rua da Mangabeiras atrapalhando o trânsito


Em Maceió é assim. Cada um faz sua parte sem se preocupar se o cumprimento do dever vai gerar transtornos para as outras pessoas. O recolhimento do lixo é um bom exemplo. Ruas estreitas, hora do rush, cidadãos que precisam chegar ao local de trabalho e lá está ele, o caminhão do lixo parado no leito da rua, recolhendo os dejetos, claro, mas prejudicando os demais.

E o que fazer? Simples. Basta copiar o que é feito nos países desenvolvidos, onde a atividade é realizada durante a madrugada. Se é executado lá, porque não pode ser igualmente feito aqui? A resposta é simples: mentalidade. Não pensamos grande, queremos nos livrar da tarefa incumbida a nós e o resto não importa. O que ninguém enxerga é que dentro deste círculo vicioso, o prejudicador de agora será o prejudicado de amanhã. Todos perdem com métodos antigos e que já não mais respondem aos anseios de uma sociedade moderna. É preciso entendermos esta problemática para que avancemos. Do contrário, teremos apenas gerações que repetirão o modelo falido do passado. Tenho dito.