.

.

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020

O Blog avisou

Aconteceu conforme previsto, aqui no Blog, nas postagens: Perigo na pista! e Mais perigo ainda, as duas de 2018. Vamos aos fatos.

Depois da excelente ideia da SMTT de Maceió, de transformar a Antônio Gouveia em sentido único para o Centro de Maceió, até as 9h, durante a temporada turística, para facilitar a vida dos motoristas, ciclistas e corredores têm usado o asfalto para  pedalar e correr. O perigo é iminente e o acidente também. E conforme o Blog avisou, o problema aconteceu.

Um ciclista, no sentido contrário ao dos carros, acabou se chocando com um Mercedes e causando prejuízos ao dono do bólido quando este se dirigia para o trabalho. A despesa sobrou para o motorista que terá uma audiência judicial, quando tentará repassar o prejuízo ao causador, o ciclista.

Tudo bem que o dono da bicicleta deverá pagar os danos materiais que provocou, mas e o tempo e a burocracia enfrentados pelo motorista, quem paga? Trata-se de um médico. E se algum paciente tivesse ido a óbito por conta do atraso para chegar ao local de trabalho em função do acidente, quem pagaria a conta? O irresponsável ciclista traria a vida de volta?


Agentes da SMTT precisam intervir para evitar desordem no trânsito


Verdade é que existem muitos agentes da SMTT espalhados pela via. Entendo ser obrigação deles não permitir ciclistas pedalando na contramão, principalmente porque existe ciclovia no local. Também deveriam orientar os atletas pedestres a usarem a calçada e abandonarem o asfalto da avenida. Mas, é mais fácil ficar conversando embaixo de um coqueiro e trocando mensagens no celular do que exercer a função para a qual são pagos pela municipalidade. É bom lembrar: todos juntos fazemos um trânsito melhor.

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020

Espinosa foi embora

A manhã desta quinta-feira (27) foi a derradeira de Valdir Espinosa no orbe do planeta Terra. O ex-treinador contava 72 anos. O último trabalho foi no Botafogo, clube em que ocupou o cargo de gerente de futebol desde dezembro do ano passado.

Espinosa havia se licenciado no último dia 14 para a realização de cirurgia na região abdominal. Após o procedimento o quadro de saúde apresentou uma piora, que culminou com o falecimento no dia de hoje. 


CSA de 1974: Espinosa é o segundo, em pé, da esquerda para direita


Nascido em Porto Alegre, começou a carreira no Grêmio. Também defendeu o Esportivo e Vitória, como jogador, antes de se aposentar dos gramados. Teve passagem marcante por CSA e CRB, onde também foi treinador. Nesta função passou por diversos grandes clubes do Brasil, sendo os principais: Grêmio, onde foi campeão do mundo e da Libertadores, e   Botafogo, campeão após um jejum de 20 anos. Também esteve no comando de Al-Hilal, da Arábia Saudita; Cerro Porteño, do Paraguai; Tokyo Verdy, do Japão; e Las Vegas City, dos Estados Unidos. Siga em paz na infinita jornada da vida!

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

Alagoano não para


Campeonato Alagoano de Futebol Profissional apresenta novidades na tabela, em relação a anos anteriores. Duas partidas serão disputadas neste sábado, 22, em plena folia de Momo. Os jogos estão marcados para Coruripe e Murici. No Gerson Amaral jogam Jaciobá x CRB. Já no José Gomes da Costa se enfrentam Murici x CSA.


A bola vai rolar no Carnaval


Resta saber se o que os clubes estão apresentando dentro do campo até o momento será capaz de fazer o torcedor deixar o Carnaval de lado para comparecer aos jogos. Em tempo. As duas partidas estão marcadas para as 17h.

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

Maceió inundada


A foto abaixo mostra o quanto não amamos Maceió. Pouco tempo de chuva foi o suficiente para fazer um gigantesco estrago nas ruas da Capital de Alagoas. A borduna vai golpear fortemente a Prefeitura da Cidade. Mas será que a culpa pelos alagamentos é apenas da Prefeitura e do Prefeito!


Águas invadem Maceió


Creio que não. Apesar de a Prefeitura ter obrigação de manter as galerias desobstruídas, fazer o serviço com um intervalo menor entre uma ação e outra, muito do que está posto pode ser creditado na conta da população, que joga todo tipo de sujeira nos leitos das ruas. Com as águas, o lixo vai para as galerias e entope tudo. Resultado: prejuízo para todos. Queremos mais trabalho da Prefeitura, mas igualmente que as pessoas entendam que lugar de lixo é na lixeira. Tenho dito.