.

.

quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Um descuido que vem da CBF

O Vice-Presidente da Confederação Brasileira de Futebol para o Nordeste, Gustavo Feijó, demonstrou que ainda não tem intimidade com a última novidade do futebol. Em recente entrevista concedida à Resenha do Povo, na Difusora AM/MCZ, ao se referir ao VAR, do inglês, Video Assistant Referee, em tradução literal Árbitro Assistente  de Vídeo, chamou o assistente de "VA". Várias vezes repetiu "vê-a". Ato falho, mas que não pode partir de dentro da CBF. 


Gustavo troca VAR por VA


Independente de qualquer coisa, o que os clubes de Alagoas esperam é que Gustavo tenha uma atuação determinante nos bastidores da CBF para evitar que os representantes das Alagoas sofram no apito de alguns árbitros, como foi o caso do CRB no jogo em que perdeu por um a zero para o São Bento, em Sorocaba, no último sábado, 27, quando teve um gol legítimo anulado pela arbitragem. É bom ficar ligado, Gustavo!

Correios é premiado no Top of Mind 2018


Os Correios receberam, pela quinta vez consecutiva, o troféu Top of Mind, na categoria “Serviço de Entrega de Encomendas”.  Ao responder, de maneira espontânea, à pergunta “Qual a primeira marca que lhe vem à cabeça quando você pensa em serviço de entrega de encomendas?”, 37% das pessoas entrevistadas lembraram o nome “Correios” e 20% lembraram a marca Sedex.


A marca Correios está na mente da população

 
O Top of Mind é a maior premiação em relação à lembrança de marcas do Brasil, promovida, desde 1991, pela Folha de São Paulo e Data Folha. Na edição 2018 do prêmio, foram ouvidas 6.670 pessoas em 119 municípios. Na pesquisa, os Correios conseguiram os melhores resultados entre as classes A e B (43%) e entre os mais escolarizados (45%).

Transparência chega a São Brás

O Portal da Transparência da Câmara de Vereadores de São Brás foi classificado como um dos melhores do Estado  de Alagoas. Recebeu a nota 94,5, após aferição feita pelo Ministério Público.  Em junho a pontuação chegou a 38 pontos. Com o atingimento dos 94,5, o crescimento em relação a junho é de 56,5 pontos. Uma subida extraordinária, inédita desde que o Portal foi implantado.


Vereador Klinger Quirino: "Nada temos a esconder"


A situação anterior havia provocado uma investigação por parte do Ministério Público do Estado de Alagoas, que havia instaurado inquérito para apurar o caso. A Câmara foi obrigada a assinar um Termo de Ajuste de Conduta, onde se comprometeu a atingir um índice mínimo de 80 pontos. "Ficamos muito felizes ao tomar conhecimento do resultado e constatarmos que o nosso Portal, hoje, é um dos melhores de Alagoas. Vamos continuar trabalhando mais ainda para sermos 100% transparentes. É obrigação nossa escancarar tudo para a população. Quero aproveitar para agradecer à empresa Inbox Soluções Web, que nos ajudou no desenvolvimento da página. Vocês também fazem parte do nosso sucesso.", disse o Presidente da Câmara de São Brás, Klinger Quirino.

Reforma do Fumeirão começa em dezembro, diz Prefeito de Arapiraca

Em conversa com o Prefeito de Arapiraca, Rogério Teófilo, durante o lançamento do selo em comemoração aos 94 anos de Arapiraca, recebi da autoridade municipal a boa nova. A reforma do Estádio Coaracy da Mata Fonseca começa no mês de dezembro. Rogério garantiu que tudo já está preparado e que os trabalhos seguirão em ritmo acelerado.


Prefeito, Rogério Teófilo, e Superintendente dos Correios em Alagoas, Edmilson Bezerra, durante lançamento de selo


A notícia é sensacional, mas, certamente fará o Asa disputar os jogos do Alagoano de 19 em outra praça, fora de Arapiraca. Bem que os trabalhos poderiam ter começado  após a desclassificação da equipe na Série D. Já que não foi possível, vale o ditado popular: "Antes tarde do que nunca.". 

O errado que parece certo

Todos aprendemos na escola primária que a construção correta de certas frases é: Os Estados Unidos elegeram Donald Trump. As Minas Gerais são o berço da democracia brasileira. As Alagoas possuem belas praias. Os Correios prestam um serviço relevante à população brasileira. Perfeito. Todas as construções respeitam a norma culta da nossa língua. Porém, quem não foi além da página dois da gramática, tende a escorregar em construções semelhantes.





Assim sendo, lemos diariamente em jornais e sites brasileiros, citações como: Estados Unidos atacam Iraque. Correios lançam selo e carimbo comemorativos pelos 40 anos da Igreja Universal. Estas construções estão erradas, visto que passam ao largo da regra.

Mas, o que diz a norma? A regra é clara: "Quando o sujeito é um substantivo que só pode ser escrito no plural, o verbo concorda com o artigo que o precede.". Assim sendo, vamos arrumar a bagunça.



Estados Unidos são o país do basquete. (errado)
Estados Unidos é o país do basquete. (correto)
Os Estados Unidos são o país do basquete. (correto)

Correios lançam selo em comemoração aos 94 anos de emancipação de Arapiraca. (errado)
Correios lança selo em comemoração aos 94 anos de emancipação de Arapiraca. (correto)
Os Correios lançam selo em comemoração aos 94 anos de emancipação de Arapiraca. (correto)

Mais uma vez o meu respeito a quem redige notas. Não sou especialista no assunto, nem quero menosprezar quem quer que seja. O que trago neste post é apenas uma pequena contribuição para todos. Sem ódio pessoal, por favor!
 

Correios de Alagoas melhora a qualidade operacional

A Superintendência  dos Correios em Alagoas celebra a drástica redução no índice de reclamações no portal Fale Conosco.  A diminuição em termos percentuais é muito expressiva. Representa 89% menos descontentamento dos clientes com a Empresa, o que  significa que a qualidade operacional melhorou e que a população está sendo atendida nas suas necessidades.

Os clientes podem entrar em contato com o Fale Conosco dos Correios  pelo telefone 0800 725 0100, ou no sítio-eletrônico da Estatal.


Superintendente, Edmilson Bezerra, conduzindo a reconstrução dos Correios com serenidade


"Estamos muito felizes com esta resposta da população. A melhoria só está sendo possível por conta do engajamento de todos os trabalhadores dos Correios que entenderam a necessidade de atender de forma digna os demandantes dos nossos serviços.", disse o Superintendente dos Correios em Alagoas, Edmilson Bezerra.

segunda-feira, 29 de outubro de 2018

Está na hora de CSA e CRB se unirem fora do campo

Foi escandaloso o erro de arbitragem contra o CRB, no jogo em que perdeu por um a zero para o São Bento, em Sorocaba, no último sábado, 27, partida válida pelo Brasileiro da Série B. O autor do gol foi Willians Santana. O tento foi invalidado pelo bandeira Paulo Ferreira (GO) e ratificado pelo árbitro Eduardo Valadão, também de Goiás.


A imagem é clara: Santana não está impedido na hora em que a bola é lançada


Diante do absurdo o CRB vai protestar junto à CBF para pelo menos dizer que está atento a tudo que acontece nos bastidores e que não aceita perder uma partida por conta de um erro de arbitragem. A Federação Alagoana também vai entrar na briga em defesa do filiado. 

E é aí que quero meter a minha colher. Entendo que o CSA deveria subscrever os dois documentos, deixando a rivalidade local de lado para robustecer a papelada e mostrar que o Estado de Alagoas está antenado com tudo que acontece na coxia do futebol brasileiro. Além de ser um ato de grandeza, o CSA também estaria agindo em causa própria. Sinalizaria, antecipadamente, que não vai tolerar perder o acesso nos porões do futebol nacional. Fica a sugestão para o alto comando do CSA.

PT respira


O octopus não quer largar o poder

Erram os que pensam que o PT foi exterminado após o duro golpe que sofreu nesse domingo, 28, que consolidou a derrota do Partido nas últimas eleições. O octopus sofreu fratura exposta em vários de seus tentáculos, mas a cabeça ainda recebe oxigênio, portanto, o perigo ainda ronda a Democracia.  Fato é que o PT já está convocando manifestações de rua para esta terça, 30. Entendo que se vai à rua protestar contra alguma coisa. Qual seria o motivo do descontentamento? O resultado das urnas? A expressão de democracia exalada pela população que renegou o partido responsável pela maior pilhagem do Brasil desde o descobrimento? É hora de serenar os ânimos e construir uma nação igualitária, onde não se divida brancos e negros; pobres e ricos; nordestinos e sulistas; homos e heteros; evangélicos, católicos, espíritas e muçulmanos; onde a família e as crianças  sejam preservadas etc. Se Bolsonaro decepcionar, daqui a quatro anos tem urna para ele novamente, tal qual aconteceu agora com o PT. Salve o Brasil!

Nasce uma estrela


Tanne Dely dá um show de interpretação

Sucesso total o projeto Samba na Minha Casa, que aconteceu no último sábado, 27, na Santa Amélia, em Maceió, na casa da excelente cantora Tanne Dely. O show intimista reuniu amigos para participar da gravação de um clip que vai ser utilizado na divulgação do CD da artista. O público saiu do espetáculo em êxtase por conta do que presenciou. O evento também contou com a presença de convidados que ajudaram a engrandecer a noitada. Sucesso à nossa Tanne Dely!

domingo, 28 de outubro de 2018

PT é vítima de golpe

O Partido dos Trabalhadores acaba de sofrer um sério, duro e contundente golpe. A "facada" foi desferida pelo povo brasileiro. A arma que derrubou o PT é de última geração e foi desenvolvida dentro do território nacional. A Justiça Eleitoral identificou o artefato, conhecido como urna-eletrônica, que dispara um poderoso golpe, capaz de derrubar qualquer partido ou candidato. O nome dele é voto. Foi com esta "arma" que o petismo foi aniquilado.


O Brasil venceu: nossa bandeira segue tremulando nos céus da Pátria


A vitória do povo brasileiro, via Jair Bolsonaro, nada mais é do que um não ao PT. O povo cansou de tanta bravata, de tanta mentira, de tanta enganação, de tanto discurso desconectado com a realidade. E o pior. O PT, mesmo agora, na agonia das urnas, ainda não tem capacidade para fazer o mea-culpa, e desconfio que a empáfia petista fará o partido sofrer por longos anos.

A derrota do PT é a derrota do salto-alto, do menosprezo à inteligência das outras pessoas, da soberba, da falácia e, principalmente, da pilhagem que promoveu no país durante treze longos e penosos anos. Quando alguém se dizia discordante da cartilha petista, logo surgia o PTlídio (estratégia de colocar apelido nos adversários). Assim surgiram os "coxinhas" e mais recentemente os "bolsomínios". Não, mil vezes não, PT. No momento do surgimento do pensamento  divergente era hora de saber o porquê do descontentamento. Mas, não. A fórmula era menosprezar as pessoas. Como diria o comediante, "Eu acho é tome!".

E Bolsonaro! Será um grande Presidente! Vai corresponder à expectativa criada em torno dele! Vai manter a linha ou se dobrar aos conchavos! Vamos dar tempo para ele trabalhar. Se decepcionar os que confiaram nele, daqui a quatro anos colherá o que tiver plantado, tal qual o PT neste momento.

Para finalizar entendo que  o defenestramento do PT ajuda as futuras gerações, visto que quebra a perna de invasores de terra como o MST e afins, além de impedir a implantação de  uma república bolivariana no Brasil, no modelo cubano/venezuelano. A Democracia, a família, nossos filhos e netos estão salvos. Parabéns ao povo brasileiro pela escolha!

sexta-feira, 26 de outubro de 2018

Desinformação que vem do Uruguai

Mídia uruguaia (Rádio Centenario/Montevidéu) abordando a eleição presidencial brasileira e prevendo dias mais duros com a possibilidade real de Jair Bolsonaro assumir o comando da nação, em janeiro do ano que vem. Afirmam que haverá dificuldades para negros, população LGBTI+, bem como para os nordestinos. Discordo da informação passada ao povo  uruguaio.


Jair Bolsonaro deverá ser eleito no próximo domingo Presidente do Brasil


A chegada de Bolsonaro ao Governo representa o anseio das ruas, onde a população dá sinais claro de que cansou do modelo petista de governar, que discorda da pilhagem feita no país, que não aceita um presidiário dar ordens ao Presidente,  que não concorda com indulto para colocar Lula nas ruas, que, finalmente assimilou o conceito do Ex-Presidente dos Estados Unidos Abranham Lincoln, quando afirmou: "Você pode enganar muita gente por pouco tempo; pode enganar pouca gente por muito tempo, mas, jamais, enganará muita gente por muito tempo.". O PT desconheceu o ensinamento de um dos maiores Presidentes da História do gigante da América do Norte e vai pagar caro por isso. Voltando à emissora uruguaia, entendo que deveriam apurar melhor o assunto para não desinformar a população do país vizinho. Caso contrário estaríamos diante de um caso de "terrorismo" midiático, e pelo que eu sei, o grupo Tupamaros já foi extinto.

Más notícias

Ao escutar a Rádio Carve, 850 AM, Montevidéu, Uruguai, na manhã desta sexta, 26, fiquei "surpreso" ao ouvir no Informativo Carve, que, na Venezuela, o acusado tem que provar a própria inocência. Caso não consiga, sofrerá as severas penas da lei. É a inversão do ônus da prova, consagrado no Brasil.


Dona Vanessa, catando comida no lixo


É por esta e outras "cositas más" que não desejo um regime semelhante ao da Venezuela, aqui no Brasil. Um regime que mata, tortura, tira a liberdade da mídia, condena aleatoriamente os adversários e, o que é pior, deixa uma população inteira passando fome e sendo obrigada a saquear os que ainda têm algo para comer em casa, pois caso contrário terá que procurar comida no lixo, como a Senhora Vanessa, que desabafou ao conversar com representantes do Instituto Liberal: “O legado de Chávez fez pessoas como eu buscar comida no lixo”, disse. Por favor, não permitamos que esta miséria chegue ao Brasil!. Aqui, não.

quinta-feira, 25 de outubro de 2018

Cuidado com o coletivo!

Sinceramente não dá mais para ouvir no rádio a maldita expressão "O pessoal disseram que o assaltante agiu com violência." e outras do gênero. Quem trabalha com a comunicação tem obrigação de conhecer profundamente as regras gramaticais.


O coletivo ainda engana muita gente


No caso  em tela temos o sujeito formado por um substantivo coletivo (palavra que designa vários seres de uma mesma espécie). E, segundo o Mestre, Arnaldo, "A regra é clara". O verbo concorda com o artigo que precede o sujeito. Vejamos alguns exemplos.

O pessoal foi ao circo.
O plantel treinou com afinco para o próximo jogo.
A quadrilha assaltou o Brasil.
A multidão gritou pelo rádio.


Há ainda outros casos especiais, que merecem destaque, mas que deixaremos para um segundo  momento. Vale a pena seguir a regra para não induzir a audiência a erro. Fica a dica.

quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Fala velha

 
O CRB jogou na última sexta-feira, 19, quando venceu o Goiás por dois a zero. Pois ainda hoje, terça-feira, 24, portanto, quatro dias após o encerramento da partida, ainda somos obrigados a ouvir sonoras (falas gravadas) feitas após a vitória do Regatas. 
 
 
A gravação caducou
 
 
Concordo que na falta de material novo, o antigo seja reutilizado. Atentai bem! Reutilizado, ou seja, utilizado novamente, mas de forma diferente, com nova roupagem. Poder-se-ia criar um tema, fomentar um assunto e inserir trechos selecionados da sonora. Tá faltando criatividade ou a preguiça batendo no pessoal. Pelo amor de Deus, gente, vamos dinamizar o noticiário!

PT: discurso x realidade


PT fala em guerra

O momento nos obriga a fazer um retorno ao ano de 2015 para entender o pensamento que está impregnado no PT e nos petistas. Analisando o documento produzido pela tendência Articulação de Esquerda, poderemos reflexionar a respeito de vários pontos propostos. A análise demanda tempo, paciência e vontade de ler até o final, daí o Blog fugir, excepcionalmente, da sua característica, e neste post alargar o texto, encompridar o escrito e publicar muitos extratos. Vamos lá!


PT espera guerra

Outro ponto que merece destaque é a assertiva de um partido que defende o socialismo. Nos discursos dos filiados esta palavrinha (socialismo) quase nunca é pronunciada, muito menos defendida com veemência.

Documento confirma que a estratégia é socialista

 
Pregação da necessidade de conflitos



Socialismo é objetivo estratégico

Mais uma vez o socialismo é tratado no documento

Socialismo lembra Venezuela, radicalização e entidades externas para dar sustentabilidade ao Governo. Leiam os extratos abaixo.


Cut, Une e MST para dar uma ajudinha ao projeto socialista

Radicalizar é preciso
Venezuela de Chaves e Maduro para ajudar no projeto

E para ter socialismo é preciso controlar a mídia e ter jornal próprio para difundir as ideias e "fazer a cabeça" da plebe. Leiam vocês mesmos.


Controlar para evitar "manipulação" de notícias

Jornal para conquistar a massa

O documento também mostra que Bolsonaro era uma preocupação antiga do PT. O Partido foi visionário ao enxergar o "perigo" que o Deputado representava para impedir os próximos passos rumo à transformação da América Latina em uma sociedade cativa, por isso pedia a cassação de Bolsonaro.


PT sonhava com o fim do mandato de Jair Bolsonaro

Viver pacificamente está fora do pensamento. O negócio é fomentar a luta de classes, visto que a convivência urbana das diferentes classes serve "às elites". Sempre o velho discurso das "elites".



O povo precisa guerrear


As estatais também precisam surgir. É nelas que se consegue emprego com salários vultosos para a "companheirada". E quem paga a conta? O contribuinte, claro. 


Ampliar o mercado de trabalho dos "companheiros" é preciso

Agora o ponto que considero mais perigoso. O PT deixa evidente que ainda não fechou a cicatriz da guerrilha dos anos 1960/70 e quer forra. E a vingança passa até por mexer na Lei da Anistia.


O perdão não faz parte da cartilha do PT

Evidentemente que o texto vai ser classificado como "fake news". Então é bom ser precavido. Clique aqui para acessar a tese, Um Partido para Tempos de Guerra. Ainda existe uma outra tese, intitulada Resgatar o Petismo no PT. Leia abaixo as principais bandeiras.

  1. Reforma urbana
  2. Abandono do superávit primário
  3. Constituinte sem a participação do Senado
  4. Barreiras à importção
  5. Priorização do comércio com a Unasul (bloco que reúne  Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Guiana, Paraguai, Peru, Suriname, Uruguai e Venezuela)
  6. Extinguir a desoneração da folha de pessoal
  7. Criar estatais
  8. Revogar a Lei da Anistia  
Para acessar a tese clique aqui.

segunda-feira, 22 de outubro de 2018

Alcunha que desrespeita

Não engulo, nunca engoli e jamais engolirei o PTlídio (arte de colocar apelido em todo mundo que não concorda com as ideias do PT). O PTlídio parte do princípio de que os ptistas são superiores, donos dos outros e que, portanto, podem rotular quem quer que seja ao bel prazer de quem cria a alcunha. Isso é de uma burrice tamanha, que afasta a possibilidade de mudança de pensamento de um eleitor. Faz com que fique impossível reverter um voto. Examinemos um caso.


O PTlídio ajuda Bolsonaro a crescer


Quem era contra Lula, Dilma, o impeachmente e o PT logo foi apelidado de "coxinha". Agora quem vota em Bolsonaro é rotulado de "bolsomínio". Ora, no momento de tentar reverter um voto de um "coxinha", o PT depois de ter maltratado a pessoa vai conseguir? Lógico que não. Aí tome voto contra. É por isso que o Brasil está dizendo não ao PT, além das outras coisas que todos sabemos. E o pior. As "cabeças-pensantes" do Partido ainda não enxergaram isso. Todos estão míopes. "Existe algo de podre no Reino da Dinamarca".   Um partido que se diz "democrático" não pode querer zombar da inteligência das pessoas. Acorda PT!

sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Bandido vai ser tratado como bandido, diz Bolsonaro

Muito se tem questionado a respeito da política de direitos humanos implantada e operada no Brasil. Normalmente as vítimas de abusos e os familiares de pessoas mortas por bandidos nas mais diversas situações reclamam que ninguém ligado aos direitos humanos apareceu para dar apoio. Na outra ponta, afirma-se que o bandido é sempre tratado com complacência, protegido e até tratado como se vítima fosse, quando da prática de crimes.


Clique para ler o extrato do Programa de Governo de Jair Bolsonaro (17)


Esta ênfase está prestes a ser mudada e o direcionamento voltado para o lado da vítima. O apoio será dado para os familiares e não para os assassinos. Pelo menos é isso que está escrito, na página 32, do  Programa de Governo do candidato, Jair Bolsonaro (PSL-17). Agora é esperar pela mudança na política.