.

.

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Sem ilusão

O CSA não pode se enganar, em caso de conquista da Série C, e  pensar que tem um time pronto para a Série B. Seria uma miopia que poderia conduzi-lo de volta a C. Precisa ver do atual elenco quem tem, realmente, condições de vestir a camisa do clube na B. Grosso-modo, vejo o goleiro Mota, o zagueiro Jorge Felipe, os laterais Rafinha e Raul, o volante Boquita e o meia Daniel Costa como peças capazes de vestir o manto azul na Série B, no time principal. Há ainda jogadores capazes de compor o plantel: Didira, Dawhan, Marcos Antônio, Edinho e o atacante Michel. Com todo respeito aos demais, precisam de mais bola para jogar uma série mais acima. 


Jogadores de qualidade serão fundamentais para permanecer na Série B


Claro está que o CSA não terá como manter o zagueiro Jorge Felipe, visto que o atleta tem a cobiça da Ponte Preta e do São Paulo. Não dá para competir. Ah! E o técnico? também buscaria alguém mais qualificado que Flávio Araújo. Um nome de Joel Santana para mais.

Vale frisar que aqui não se trata de desvalorizar ninguém, mas entender que se há objetivo de pelo menos permanecer por um bom tempo na B, antes de alçar um voo mais alto, é preciso mais qualidade dentro e fora do campo. Uma conquista - ainda não aconteceu - não pode vendar os  olhos de quem comanda para não cair em ilusão. Tenho dito.

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Até quando!


Cruzamento bloqueado: rotina em Maceió

Até quando o motorista de Maceió vai permanecer fechando o cruzamento das ruas! Até quando nós vamos ser obrigados a ficar esperando para seguir em frente, apenas porque um outro motorista resolveu fechar o cruzamento! Até quando socorros serão impedidos de acontecer por conta de um qualquer fechar o cruzamento! Até quando a população de Maceió vai suportar esta estupidez! Até quando a SMTT vai fazer de conta que o problema não existe! Até quando esta falta de educação vai permanecer! Até quando o sentimento de dono do bem público vai perdurar! Até quando! Até quando! Até quando!

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

Corpo de educadora é sepultado, em Maceió

O Blog homenageia a passagem com flores virtuais


Foi sepultado nessa terça, 10, no Cemitério Parque das Flores, o corpo da educadora Norma Murta, que durante anos se dedicou a formação de crianças, jovens e adolescentes no Colégio de Santa Terezinha, no bairro do Farol, em Maceió. O velório foi prestigiado por boa parte da sociedade maceioense e repleto de emoção e saudade. Que Deus conceda a ela uma boa morada na Pátria Espiritual!

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Ambulantes estão de volta à Rua das Árvores


Poucos dias após a Prefeitura de Maceió ter tirado os vendedores ambulantes da Rua das Árvores, no centro da Cidade, eles já estão de volta, atrapalhando o trânsito de veículos e as pessoas de circularem livremente pelas calçadas. Uma esculhambação que persiste há anos e que ninguém dá jeito. Até quando a bagunça vai continuar? Com a resposta a municipalidade.
 
 
Ambulantes comercializando livremente na Rua das Árvores (Foto: Nise Carvalho)
 
 
É evidente que teremos discursos do tipo: "Mas os coitados não têm outra forma de sobrevivência. Se tirarem eles de lá morrerão de fome" e outras coisas do gênero. Não sou contra o ganha-pão de ninguém, mas existe um lugar para cada coisa e cada coisa tem que estar em seu devido lugar. Em nome da sobrevivência não se pode gerar um desequilíbrio na convivência urbana. Fosse assim seria permitido isolar uma avenida de grande fluxo de carros e instalar uma feira livre 24h. Sei que o problema passa pelo registro humanitário, mas o bem comum está acima de tudo. 

terça-feira, 3 de outubro de 2017

Na hora errada

Uma das marcas de um povo é a maneira como faz as coisas do dia a dia. Os mais civilizados utilizam os recursos de forma que o todo seja beneficiado. Os atrasados olham apenas para o próprio umbigo, sendo a tarefa o  mais importante, não se preocupando se outras pessoas serão prejudicadas, desde que a atividade seja realizada.


Caminhão do lixo parado em rua da Mangabeiras atrapalhando o trânsito


Em Maceió é assim. Cada um faz sua parte sem se preocupar se o cumprimento do dever vai gerar transtornos para as outras pessoas. O recolhimento do lixo é um bom exemplo. Ruas estreitas, hora do rush, cidadãos que precisam chegar ao local de trabalho e lá está ele, o caminhão do lixo parado no leito da rua, recolhendo os dejetos, claro, mas prejudicando os demais.

E o que fazer? Simples. Basta copiar o que é feito nos países desenvolvidos, onde a atividade é realizada durante a madrugada. Se é executado lá, porque não pode ser igualmente feito aqui? A resposta é simples: mentalidade. Não pensamos grande, queremos nos livrar da tarefa incumbida a nós e o resto não importa. O que ninguém enxerga é que dentro deste círculo vicioso, o prejudicador de agora será o prejudicado de amanhã. Todos perdem com métodos antigos e que já não mais respondem aos anseios de uma sociedade moderna. É preciso entendermos esta problemática para que avancemos. Do contrário, teremos apenas gerações que repetirão o modelo falido do passado. Tenho dito.

terça-feira, 26 de setembro de 2017

CSA é B

Jogadores mostram que o CSA é B (Foto: Thiago Davino)

O CSA não chegou à Série B do Brasileiro à toa, não. Muito pelo contrário. Os números obtidos pelo representante de Alagoas provam o mérito da equipe na conquista da vaga. O CSA é detentor - até o momento - do maior número de pontos ganhos entre todos os participantes da Série C. Já somou 38, dois a mais que o segundo, o Sampaio, que tem 36. Nas Quartas de Final foi o único que passou para a semifinal com 100% de aproveitamento. Por mais que se queira desqualificar a conquista, ela está robustecida pelos números. Eles desmentem qualquer tese conspiradora. 


Celebração do acesso varou a madrugada desta terça, 26 (Foto:Thiago Davino)


Só nos resta parabenizar a todos que ajudaram o clube a se levantar e deixar de ser um time "fora de série" para estar entre os 40 melhores do país em apenas dois anos. A felicidade  da facção azul de Alagoas está mais do que explicada. Agora resta saber se a alegria para por aí ou se o torcedor ainda terá o direito de comemorar um título nacional, sepultando a síndrome do vice-campeonato. O CSA tem 5. Três na extinta Taça de Prata, um na Conmebol e o último, ano passado, quando foi segundo colocado na Série D. Por enquanto o momento é de espera.

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

CSA x Tombense: dois times; apenas um sobe

Caso aconteça o acesso do CSA à Série B do Brasileiro de Futebol Profissional, Alagoas poderá voltará a contar com dois times na B, acreditando que o CRB confirme a permanência. A última vez que o fato se deu foi em 2012, quando CRB e Asa representaram o Estado no certame. A se confirmarem as presenças de CSA e CRB, Alagoas dará um salto de qualidade em se tratando de futebol. É bom para todo o mundo, até mesmo para o torcedor adversário que terá crescimento do time que torce, em função do avanço do rival.


Jogadores do CSA carregam  no peito o desejo de mudar de Série (Foto: Rodrigo Cortez)


Em tempo. O CSA, na noite desta segunda, 25, no Trapichão, em Maceió, tem 75% de chances de conquistar o acesso. O representante de Alagoas sobe de faixa se vencer, empatar e até mesmo perder por diferença de um gol. Ao Tombense resta apenas a vitória por dois gols no tempo normal, que poderá levar para os tiros livres da marca do pênalti ou vencer nos noventa minutos, a depender do placar construído. Por tudo isto, CSA x Tombense é o jogo do ano em Alagoas.

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Juiz troca a toga pela camiseta e solta o pé na estrada

Já está em deslocamento para a Alemanha o Juiz da Comarca de Penedo Claudemiro Avelino, que  será um dos integrantes da equipe formada por corredores alagoanos para representar o Estado na maratona internacional de Berlim. A competição é uma das mais importantes do mundo. Estima-se que  60 mil corredores  participem da 44ª edição. A prova é  no próximo domingo, 24. 


Avelino na meia-maratona do Rio


Recentemente o magistrado participou da 34ª Maratona Internacional de Porto Alegre e da 21ª Meia-Maratona Internacional do Rio de Janeiro. As duas provas serviram de treinamento para a Maratona de Berlim. Ele se diz preparado e pronto para regressar ao Brasil com um bom resultado. Boa sorte, Avelino!

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Tombense tomba diante da fortaleza do CSA


Michel e Daniel Costa, destaques na vitória do CSA

Mais que um passo, o CSA deu um salto-triplo rumo à Série B, ao vencer o Tombense, nessa segunda, 18, em Tombos-MG, pelo placar de 2x0, gols de Michel e Boquita. Agora, no jogo de volta, na próxima segunda, 25, no Trapichão, em Maceió, até mesmo a derrota por um gol leva o representante de Alagoas para a Série B, no ano que vem. Confirmada a conquista, a vitória será, não do CSA, mas de todo o futebol de Alagoas.

O jogo

O CSA venceu com soberania um adversário que estava invicto há 9 jogos atuando no Antônio Guimarães, em Tombos, jogando pela Série C. Fez um jogo de inteligência, envolveu o adversário nos dois tempos da partida e venceu sem deixar dúvidas de que é superior ao adversário do momento. A Tombense teve o jogador, Natan, expulso aos 34 minutos do primeiro tempo, mas o fato de jogar a maior parte com um jogador a mais, em nada diminui a vitória do CSA. Venceu, não porque foi melhor. Venceu porque é melhor que o adversário. Parabéns, CSA! Que a consolidação da segunda vaga de Alagoas na Série B venha com outra bela vitória no jogo de volta! O torcedor azul de Alagoas merece. 

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Migração para FM eleva faturamento de rádios

A rádio Clube e a rádio Massa, as duas de Lages (SC), comemoram os efeitos da mudança da AM para a FM. Após a migração, as emissoras passaram a somar 80% da audiência da região. Segundo a Massa, o faturamento da casa aumentou 700%.


Sinal mais forte no ar e faturamento subindo após migração para FM


Que bom! O rádio precisa faturar para ter prefixo forte e radialistas fortalecidos para que todos avancem. Um acréscimo de 700% no faturamento é algo que deixa todos felizes, visto que facilita a divisão do bolo entre empresários e radialistas.

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Dica do consultor


O rádio precisa escutar o ouvinte

Henrique do Valle, consultor da Reelworld, tem dicas para o rádio conquistar a audiência. Segundo ele as rádios devem oferecer premiação aos ouvintes que derem retorno à emissora a respeito da programação, como acontece nos Estados Unidos. Ainda segundo Valle, "As emissoras, no Brasil, tocam praticamente a mesma coisa e copiam umas as outras.".