.

.

segunda-feira, 2 de maio de 2016

Walmari Vilela na Pan?


 
Walmari: mito do rádio esportivo de Alagoas


Walmari Vilela é dado como reforço certo da Jovem Pan AM/MCZ. A data do início dos trabalhos, juntamente com o comentarista Jorge Moraes  seria a segunda-feira, 9 de maio. O Blog recebeu a informação de que o martelo foi batido no último sábado, 30, porém Elísio Silva, comandante da equipe da Pan, apesar de confirmar que conversou com Walmari,  afirma que o a situação ainda não foi fechada por conta do estilo de trabalho de Vilela ser diferente do da AM 1020. "Não mudaremos nossa forma de trabalhar, nem o estilo da nossa resenha 'Esporte em Discussão'", disse Elísio ao Blog. Já quanto a Welyton Martins, nome potencializado para reforçar a equipe de esportes da Pan, ainda segundo Elísio, não existe a menor possibilidade da contratação ser efetuada. Tentamos contato com Vilela, mas ele não atendeu as ligações. Vamos aguardar a sequência das negociações.

CRB quase lá

O CRB pode não ter conquistado o bicampeonato, mas encaminhou de forma bastante razoável o título ao vencer o CSA por dois a zero, nesse primeiro de maio, no Trapichão, em Maceió. Entendo que a vitória foi costurada fora de campo, nos treinos com portões lacrados comandados pelo técnico do Regatas. Mazola Júnior conseguiu neutralizar o lado esquerdo do CSA ao colocar o veloz Luidy, apoiado pelo lateral Bocão, mandando velocidade para cima do lateral-esquerdo do adversário, dificultando as ações ofensivas de Rafinha, o melhor na posição este ano, em Alagoas. Também conseguiu complicar o lado direito ofensivo do CSA ao determinar marcação individual do excelente volante Olívio sobre Luís Soares, que começou bem a partida e depois foi contido pelo cabelo doirado regatiano. Ao dificultar as ações do adversário, o CRB soube explorar duas bolas muito bem trabalhadas nas costas da defesa do CSA e definiu o placar em dois a zero.


CRB derruba o CSA na primeira partida da decisão (Foto: Thiago Davino)


As equipes voltam a se encontrar no próximo domingo, 8, quando o jogo começa com o placar de dois a zero para o CRB. É muito difícil para o CSA reverter a situação, mesmo sabendo tratar-se de um clássico onde tudo pode acontecer e da qualidade do time do CSA e de seu treinador. Canindé seguramente vai procurar uma nova forma de atuar contra o principal adversário e posicionar Luís Soares de maneira diferente no jogo, além de escolher um substituto a altura para Rafinha, que não joga a final por ter recebido o terceiro cartão amarelo no embate de ontem.

Já quanto ao CRB, certamente também mudará a postura tática, já que se repetir poderá não ter o mesmo resultado por conta de o CSA, agora, estar preparado para tal estilo de jogo. Uma coisa é certa: o encontro do próximo final de semana será de encher os olhos do torcedor. Que vença o melhor para que a justiça seja feita!

sexta-feira, 29 de abril de 2016

Asa: restou a Série C

Apesar de ter vencido o Genus (RO) por dois a um, nessa quinta, 28, em Arapiraca, em jogo válido pela Copa do Brasil - resultado que desclassificou o representante de Arapiraca da competição - o Asa mostrou que ainda não tem um time capaz de brilhar na Série C do Brasileiro. Verdade que os jogadores recrutados junto ao Santa Rita ainda não se apresentaram por não estarem regularizados perante à CBF, mas, mesmo assim, a julgar pelos que estiveram em campo, ontem, fica muito difícil pensar em chegar à Série B. O Alvinegro deverá mesmo lugar bravamente para não despencar para a  D.


Asa precisa abraçar a Série C com mais intensidade


A Agremiação Sportiva terá uma tarefa hercúlea no campeonato que se avizinha. Vai enfrentar, no Grupo A, times como: Confiança, Botafogo-PB, Remo, Salgueiro, América-RN, Cuiabá, ABC, Ríver e Fortaleza, onde, teoricamente, 89% deles brigam por um acesso. É Asa, não vai ser fácil!

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Viemos do distante Capela?

Recomendo aos que têm curiosidade de estudar a origem do ser humano na Terra o livro Os Exilados da Capela, de Edgard Armond, publicado pela Editora Aliança. Na obra o autor nos  mostra uma das possíveis formas de evolução, onde o planeta chamado Capela, teria uma forte ligação com a Terra. Capela evoluiu a um patamar no qual alguns viventes não puderam suportar, sendo assim enviados ao Planeta Terra, lugar compatível com o nível moral e intelectual deles. Isto que nós somos, hoje.


A leitura descarta a lenda de Adão e Eva


Trata-se de uma leitura deliciosa e que pode ser feita desprovida de qualquer sentimento religioso. Física, Filosofia, evolução dos povos etc, podem ser notadas nas letras de Armond. Para quem deseja aguçar o conhecimento a respeito do surgimento do homem no planetinha, o folhear das páginas é algo mágico. Leia e confira.

terça-feira, 26 de abril de 2016

Novo boom no rádio esportivo de Maceió


Francês FM ganha equipe de esportes

O possível desaparecimento da equipe de esportes da Globo/MCZ já fez surgir uma nova, no rádio esportivo de Maceió. As Feras do Esporte - nome ainda provisório - estarão na Rádio Francês FM 99.1, com sede no bairro do Jacintinho, que tem como concessionário o empresário João Caldas. Os integrantes são todos egressos do Timaço da Globo, comandado pelo experiente Walmari Vilela. Conheça as Feras:

Narradores - Antônio Guimarães e Marcos Silva
Comentarista - Ainda sem definição
Setorista do CRB - Luciano Costa
Setorista do CSA - Tiago Omena
Repórter da galera - Papada do Futebol
Plantão - Ainda a ser definido

No caso específico do plantão foi convidado o gabaritado Walter Luís, que declinou do convite e prefere continuar apostando na Globo.

As Feras do Esporte já entram no ar nesta quarta, 27, às 17h, com o programa Bate-Bola. As jornadas-esportivas terão início em primeiro de maio, no primeiro jogo da decisão do Alagoano entre CRB x CSA.

Jovem Pan

Ainda como desdobramento do esfacelamento da equipe da Globo, a  Jovem Pan AM/MCZ poderá ganhar reforços. O comentarista Jorge Moraes e o narrador Welyton Martins têm grande chance de se unir aos que já integram a equipe comandada pelo gentil Elísio Silva, já começando os trabalhos no clássico CRB x CSA, válido pela decisão do campeonato alagoano, marcado para o domingo, primeiro de maio. Walmari Vilela seria um sonho de consumo da Pan, mas o radialista/jornalista ainda não se definiu. Vai aguardar um pouco mais para sentir o mercado e resolver as pendências junto à Globo. Boa sorte a todos!

segunda-feira, 25 de abril de 2016

Os melhores


Independente de o CSA ou o CRB ser o campeão alagoano de 16, meu pensamento não será mudado por dois jogos apenas, por isso, já antecipo - como faço todos os anos - a seleção do campeonato. Escolho pelo que vi durante toda a competição e não apenas pelo resultado final. Lógico que o que penso não representa verdade absoluta, até porque não sou dono dela, nem assisti a todos os jogos. Confira abaixo quem escolho.

Goleiro: Jeferson (CSA)

Lateral-direito: Chiquinho (Asa)
Central-direito: Wilames José (Coruripe)
Central-esquerdo: Douglas (CSA)
Lateral-esquerdo: Rafinha (CSA)

Volante: Olívio (CRB)
Volante: Jean Cleber (CSA)
Meia: Katê (Murici)
Meia-atacante: Luís Soares (CSA)

Atacante: Lúcio Maranhão (CRB)
Atacante: Jean Carlos (Asa) 

Craque: Luís Soares (CSA)
Revelação: Luidy (CRB)

Treinador: Oliveira Canindé (CSA)

Árbitro: Charles Hebert

A final esperada por todos

Não há dúvida de que CSA e CRB são as duas melhores equipes do Alagoano de 16. O CSA somou 44 pontos no total, tendo perdido apenas um jogo para o Santa Rita, em condições atípicas. Já o CRB soma 29 pontos, 4 a mais que o Muirci e 5 na frente do Coruripe. Se o campeonato fosse por pontos corridos já estaria definido com CSA e CRB ocupando as duas primeiras colocações. 


CSA: campanha muito superior aos demais (Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)


Trago os números para que outras equipes não fiquem lamentando o que não têm a reclamar. A dupla da Capital sobrou este ano, principalmente o CSA, que começou o trabalho com muita antecedência - ainda em setembro do ano passado - e agora colhe os frutos de ter saído na frente e planejado a temporada seguinte. Resultados não são obra do acaso. A Lei de Causa e Efeito produz as consequências. Quem "perdeu" um pouco de tempo para elaborar estratégias, colhe os frutos ao final da temporada.  Analisando por esta ótica não é difícil dizer que a chegada de CSA e CRB à final do campeonato de Alagoas é justa e merecida. Parabéns aos dois!

sexta-feira, 22 de abril de 2016

Coisa de louco

Não consigo digerir a forma grotesca como atua o Presidente da Associação dos Cronistas Desportivos de Alagoas. Principal responsável por dividir a categoria dos cronistas-esportivos por conta da forma ditatorial que atua à frente da ACDA, agora resolveu declarar "guerra" à Associação de Cronistas Esportivos de Alagoas.


Presidente da Acea Jorge Moraes vai jogar duro para impedir os abusos de Jorge Lins


Jorge Lins entende que tem poderes para impedir o livre exercício da profissão, mas não tem. O texto constitucional é claro: "É livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, atendidas as qualificações profissionais que a lei estabelecer", sendo assim, jornalistas e radialistas não podem ser impedidos de trabalhar por uma pessoa que acha ter poderes acima da lei. Não, mil vezes não, ditador Jorge Lins! O Senhor será obrigado a cumprir a lei se não quiser ser preso. 

A raiz do problema parece estar encravada no peito de Lins como um verdadeiro câncer. Trata-se de pequenez de espírito, falta de essência democrática e inabilidade para conviver com o contraditório. A ACDA, quer Jorge Lins queira, quer não queira, vai ter que conviver harmonicamente com a Acea. São duas entidades que representam e têm autoridade para credenciar os profissionais para trabalharem nos espetáculos esportivos no Estado de Alagoas e ponto. O fato de até o momento o controle do acesso às cabinas e Tribuna Márcio Canuto, no Estádio Rei Pelé, ter sido responsabilidade da ACDA, não significa dizer que os sócios da Acea não possam trabalhar. Engana-se quem pensa o contrário. Somos uma Entidade de Classe e como tal não vacilaremos em buscar nossos direitos, mesmo que importe na prisão de quem quer que seja. A Acea não surgiu apenas para servir de cartão-postal. A nova Associação tem respaldo na lei e defenderá de forma intransigente os direitos dos associados. Quem pensar o contrário, que tente! Quem não acreditar, que arrisque ser enjaulado!

A Globo não resolve

Não parece de fácil solução o problema enfrentado pela Rádio Globo/MCZ. Com o transmissor lacrado por decisão judicial por falta de liquidez com o Grupo Edson Queiroz - proprietário do terreno onde os equipamentos de propagação do som estão instalados - a emissora está fora do ar, no AM, mas ainda conseguia distribuir a programação pela internet. Agora nem mais isso. Foi fechada totalmente e terá muita curva a ser contornada para reabrir.



Globo tem marca maculada, em Maceió


É de se lamentar porque prestava um bom serviço à comunidade  e não deixa de representar fechamento de campo trabalho para os profissionais da comunicação, apesar de que os salários estão nove meses atrasados e um acordo com a Justiça do Trabalho não foi honrado. 

A rádio pertence ao empresário João Lyra, que na maturidade da vida parece não ter mais tempo e vontade para resolver um problema que, no passado, seria um pingo no oceano para o Grupo JL. A esperança é que a concessão troque de mãos, mas quem vai querer assumir o gigantesco passivo existente!  Isso tudo sem falar que a brand Globo fica arranhada. O rádio de Maceió continua pobre e desvalido.

quinta-feira, 21 de abril de 2016

A ditadura de Jorge Lins

A ACDA não merece ser comandada por um ditador

O Presidente da Associação dos Cronistas Desportivos de Alagoas Jorge Lins perdeu a noção de tempo e espaço e parece não conhecer até aonde vai o "poder" que possui à frente da ACDA. Pensa que é o Ministro do Trabalho do Governo Dilma e que tem poderes ditatoriais para impedir que a crônica-esportiva de Alagoas trabalhe no Estádio Rei Pelé. O Vlog do Murta aborda o assunto e lamenta a posição do ditador Lins, que mais uma vez não cumpre o Estatuto da Entidade, ao desconhecer os direitos dos ex-Presidentes.

quarta-feira, 20 de abril de 2016

Pardais dão cria


Feio e cruel, o "pardal" não perdoa ninguém

Já estão sendo instalados os novos pardais-eletrônicos que estarão fiscalizando excesso de velocidade em cinco pontos, na cidade de Maceió. Confira os locais: 2 na Durval de Góes Monteiro, 2 na Governador Afrânio Lages e um na Leste-Oeste. Outros dez já haviam sido posicionados  em pontos estratégicos, faz pouco tempo. Deram cria ainda em idade precoce.

A Prefeitura de Maceió afirma que as máquinas estão sendo usadas para melhorar o caótico trânsito da Capital, enquanto que os motoristas entendem tratar-se de mais uma "indústria de multas". Uma coisa é certa. A qualquer hora do dia ou da noite está muito difícil trafegar na Cidade.