.

.

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Dois Toques

Quatro cronistas fazem o Dois Toques

Estreou nesta segunda, 03, o Dois Toques CBN, na 104,5 Maceió. As estrelas do informativo esportivo são Paulo Victor Malta, Henrique Pereira, Rodrigo Cortez e Eduardo Vieira. Como novidade foi anunciado no primeiro programa que todos serão comentaristas e repórteres, em uma espécie de revezamento. Também não haverá setorista fixo no dia a dia dos clubes e Federação. A cada data um repórter diferente será escalado para a cobertura. A atração vai ao ar, de segunda a sexta, sempre às 16h. Parabéns a todos e boa sorte no novo programa!

domingo, 2 de agosto de 2015

Coincidência, acordo ou concorrência desleal?

Todos sabemos que a Band transmite o mesmo jogo do Brasileirão que a Globo, às quartas e aos domingos, portanto a audiência pode optar em que canal quer ver a partida, certo? Errado quando se está em Maceió. Na capital de Alagoas resta apenas a TV Gazeta, canal 7.1, isto porque toda vez, momentos antes do início do envento, a Bandeirantes, canal 38.1, sai do ar inexplicavelmente para somente voltar a ter imagem e som depois que a peleja termina. 


Band está proibida, em Maceió

Vinha monitorando esta esdrúxula situação há mais de um mês para poder tocar no assunto e fico a me perguntar: quem "tira" a Band do ar? O desligamento da repetidora é consentido pela TV Bandeirantes? A "prejudicada" está sabendo do absurdo que está sendo cometido, em Maceió? Existe um acordo entre as duas TVs para que os jogos não sejam mostrados na capital de Alagoas pelo 38, ou estamos mesmo diante de um caso de concorrência desleal? 

Já tinha visto de tudo na "guerra" pelo mercado eletrônico da bola, mas uma emissora sair do ar toda vez, minutos antes do início de um jogo, é algo surreal. E o pior de tudo é a repetição do fato sem que ninguém, absolutamente ninguém questione a situação. Por outro lado entendo. Vivo no Brasil e resido em Maceió, onde tudo é permitido, inclusive privar o público de escolher em qual rede televisiva vai assistir a uma partida de futebol. Eu, hein!

Tem algo a mais no ar do que avião de carreira

O compadrio, no Brasil, remonta ao Império, mas a indicação para a diretoria da Agência Nacional de Aviação Civil, do jovem advogado, Ricardo Fenelon Júnior, 28, é uma afronta ao povo brasileiro e um presente para o Senador, Eunício Oliveira (PMDB-CE), sogro do rapaz. Vale lembrar que o cargo exige notório saber técnico, algo que falta a Fenelon. Uma decisão errada poderá custar bilhões ao Tesouro, danos irreparáveis aos passageiros e, quem sabe, até mortes.


Fenelon casou com a filha do Senador e ganhou um presentaço da Presidenta (Foto: Blog da  Pellegrino)

Felizmente que para a nomeação se concretizar ainda depende de uma sabatina no Senado Federal. O brasileiro espera que os Senadores tenham bom senso e não aprovem este aprendiz para desempenhar funções de altíssima complexidade na Anac. A indicação feita por Rousseff prova o quanto ela está zombando dos brasileiros. Mesmo em um momento político difícil que atravessa junto com o partido dela, ainda insiste em cometer desmandos. Sinceramente, não vejo condições para que termine o mandato. Mais três anos com o PT dirigindo o país não sobrará pedra sobre pedra. Como diria o radialista, Costa Cabral, "Tem algo a mais no ar do que avião de carreira.".

sexta-feira, 31 de julho de 2015

Eduardo Cardeal na TV Brasil


Cardeal vai estar ao vivo e em cores para todo o Brasil

O repórter Eduardo  Cardeal (Jornal AM/MCZ) vai ser a marca de Alagoas na transmissão de Asa x Confiança, partida que será mostrada para todo o país pela TV Brasil. O jogo acontece no próximo domingo, 02, em Arapiraca, às 19h. Cardeal é só empolgação com a escolha e promete fazer um grande trabalho. Boa sorte a ele e ao Asa!

Quem tiver uma prova de quem tem mais torcida em Alagoas que apresente

Quem tem mais torcida em Alagoas, CSA ou CRB? Vira e mexe o assunto volta à baila e não faltam defensores dos dois lados. Já afirmei em outras oportunidades e o faço novamente. Ninguém tem autoridade para asseverar que um possui mais aficionados do que o outro porque nunca foi realizada uma pesquisa de cunho científico para investigar os dados. Sendo assim, qualquer assertiva em favor de um dos lados não passará de mero chute. 

 
Os números não podem ser manipulados para satisfazer desejos pessoais

Outra questão que não possui base estatística é afirmar que uma torcida cresceu e a outra encolheu. Mais uma vez a ferramenta usada é o "chutômetro". A Fundação Nacional da Qualidade - uma das mais respeitadas e conceituadas do Brasil - ensina que para saber se algo cresceu ou diminuiu é preciso que haja o que a ciência chama de série histórica, de pelo menos três ciclos (dados apurados em uma sequência de três intervalos iguais), para que, calçado em fatos e dados, possamos afirmar com precisão cirúrgica determinada  situação. Já não vale mais o engodo do "Mas eu tô vendo na prática". Quem assim procede ou está ao largo da ciência ou quer mesmo vender ilusão.

Um plantão que vai além da informação

O rádio alagoano tem profissionais muito competentes na função de plantão-esportivo. Mitchel Torquato (96 FM Arapiraca), Edmilson Santana (Gazeta/MCZ), entre outros talentosos da informação, porém um, entre todos, é diferenciado. Refiro-me a Walter Luis (Jornal AM/MCZ). Além de informações factuais precisas, é o único que possui dados estatísticos do  futebol alagoano e brasileiro, além de ter se aperfeiçoado em interpretação de regulamentos de campeonatos. 


Walter Luis: informações baseadas em fatos e dados

Walter ainda possui outra qualidade. Não "afina" para ninguém e faz jornalismo com a independência necessária para quem trabalha na área de comunicação, além de possuir muito conteúdo para ofertar à audiência. Feliz da emissora que o tem no quadro de pessoal. Precisa valorizar muito e cultivar este talento do rádio brasileiro. Parabéns!

quinta-feira, 30 de julho de 2015

Parceria Ponto Um volta a acontecer no próximo domingo

Paz garante: "95, agora é 96"

A partida Asa x Confiança, pela Série C do Brasileiro, que será jogada em Arapiraca, marcada para ter início às 19h do próximo domingo, 02,  será compartilhada pela Litoral FM. A 95,5/MCZ vai levar o brilho do jogo para o torcedor do Alvinegro que reside na Capital com a emoção gerada pela 96 FM Arapiraca. A parceria Ponto Um (95 e 96) já ocorreu em outros jogos e tem tudo para seguir forte por longos anos. O empresário Ronaldo da Paz (Litoral) acertou em cheio na escolha.

O valor da entrevista

A entrevista de estúdio é algo importante para um bom programa de rádio, mas não pode assumir status acima do que representa. Ela é mais uma atração do informativo, que deve manter as outras partes, como material gravado, participação do ouvinte, entrada de repórteres ao vivo etc, tudo no momento certo. A interlocução deve, inclusive, ter hora para começar e terminar, de forma que não se torne cansativa e, se possível, não seja interrompida para não quebrar o ritmo. Também é necessário ressaltar que deve possuir ares de um bate-papo, debate de ideias, em vez de um mero perguntar e responder. Vejam Jô Soares!


Estúdio de rádio: nele, o ao vivo acontece

Outra coisa: a produção deve administrar muito bem o tempo de todo o material disponível para o âncora, de forma que tudo seja apresentado e que nada fique pela metade. É fundamental que a audiência perceba que existe organização e planejamento na formatação do que está indo ao ar.

A informação precisa ser buscada e entendida

 
O site da CBF é ferramenta de consulta  diária do futebol brasileiro

Existem pessoas que insistem em viver no século passado. Outro dia fui obrigado a escutar que a Federação Alagoana de Futebol ainda não foi comunicada "oficialmente" da antecipação dos horários dos jogos noturnos da Série B, de 21h50min para 21h30min. Ora meu Deus do Céu! A partir do momento em que a notícia foi publicada no sítio- -eletrônico da CBF, ela ganha publicidade e passa a ser uma informação oficialíssima. É obrigação dos interessados acompanhar diariamente e ficar atualizado com o que acontece. Desde 1942 que vigora, no Brasil, o preceito que diz que "Ninguém se escusa de cumprir a lei, alegando que não a conhece", portanto, o "Eu não sabia", consagrado por uma figura da política brasileira, já não vale há muito tempo. Para ler, na íntegra, a comunicação feita pela Confederação Brasileira clique aqui.

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Maceió sem Farol


Farol exibe apenas um selo

Depois do post Alô, som... testando... alô..., publicado aqui no Blog, nesta quarta, 29, a Farol retirou o sinal do ar e está exibindo apenas o selo da emissora. O canal 16, em Maceió, retransmite a programação da TV Cultura, uma excelente opção na televisão aberta brasileira, que foge completamente aos padrões comerciais. A retransmissora estava com problema no áudio, dificultando o entendimento de quem assistia à programação. Torcemos para que na volta a deficiência no som tenha sido resolvida, mas ainda falta colocar o sinal em High Definition (HD). Não dá mais para gerar imagem analógica em pleno Século XXI. Vamos investir, João Caldas!