.

.

terça-feira, 15 de agosto de 2017

Rendimento de 78% em três jogos salva o Asa do rebaixamento

A situação do Asa para escapar do rebaixamento é crítica, mas felizmente só depende do próprio Asa. É que o pessoal que transita na parte de baixo da tabela, no Grupo A, anda mal das pernas, o que diminuiu o percentual de aproveitamento do porteiro da zona do rebaixamento. Sendo assim, o Asa ainda respira na competição.

Pela situação de momento - pode mudar - o representante de Arapiraca escapa da degola, sem depender de ninguém, se conseguir dezenove pontos. Tem hoje 12, portanto, precisa somar mais sete em quatro jogos, sendo três no Fumeirão. Dessa forma, se vencer duas partidas e empatar uma, consegue os pontos necessários e pode se dar ao luxo de descartar o jogo com o Botafogo-PB, em João Pessoa. Isto não significa dizer que não possa escapar com um pouco menos de pontos, visto que as partidas são confrontos diretos com times que também lutam contra a queda para a Série D. Veja no quadro abaixo.
 
Clique na imagem para ver em tamanho maior

Sabendo disso, é importante que os jogadores entreguem mais à Cidade de Arapiraca. Produzam em três jogos muito mais do que fizeram em toda a competição. Seria alcançar um índice de aproveitamento de 78%. Até o momento a equipe rendeu míseros 28%. O incremento na produtividade é nada mais, nada menos, que 50%. É por isso que toda Arapiraca grita uníssono para os atletas: "Jogai por nós!".