.

.

terça-feira, 24 de abril de 2018

Mito do handebol de Alagoas morre em Recife

Faleceu, em Recife, na madrugada desta terça, 24, o educador Rubens Viana, mais conhecido por “Rubão”, que dedicou a vida ao esporte, especialmente ao handebol. O professor  estava internado, havia dois meses, se recuperando de um transplante de fígado. Deixou a vida na Terra aos 70 anos.

Rubão pautou o lado profissional pela ética, dedicação e responsabilidade. O educador sempre foi motivo de admiração entre os colegas de profissão e por toda  comunidade educacional. O profissional trabalhou durante 43 anos como professor de educação-física no Colégio Marista, onde só amealhou amizades e o respeito de todos.

O corpo chegará ao Parque das Flores, em Maceió, ainda nesta terça, por volta das 17h. O sepultamento está marcado para amanhã, às 11h. Bola p'ra frente, Mestre!

Reflexão

O passamento do nobilíssimo professor para o Plano Maior nos obriga a uma reflexão. A importância do esporte para a juventude, tão relegado nos dias atuais. Através dele o jovem aprende o sentido de trabalho em equipe, importância de unir esforços para atingir o objetivo, respeito à autoridade e às regras e punição quando desrespeita a norma do jogo. Entre tantos ensinamentos aprendidos no esporte, um é fundamental: não é possível vencer sempre. Haverá momentos de glória e dias de profundo fracasso, onde o aprendizado é maior ainda, afinal, como diz Fábio Júnior: "O campeão se mostra na derrota".