.

.

quinta-feira, 1 de junho de 2017

"Impunidade parlamentar" está no fio da navalha

Muito bom saber que o Senado aprovou a Proposta de Emenda Constitucional que trucida o chamado foro privilegiado, que na verdade nada mais é que um escudo para bandidos se abrigarem da Justiça e escapar de condenações,  conhecido popularmente como "impunidade parlamentar".

Deputados precisam ser pressionados para cortar na própria carne

A proposta acaba com o privilégio em caso de crimes comuns para deputados, senadores, ministros de estado, governadores, ministros de tribunais superiores, desembargadores, embaixadores, comandantes militares, integrantes de tribunais regionais federais, juízes federais, membros do Ministério Público, procurador-geral da República e membros dos conselhos de Justiça e do Ministério Público. As únicas exceções são os chefes dos três poderes da União (Executivo, Legislativo e Judiciário).
Agora a Pec 10/2011 segue para análise da Câmara dos Deputados, onde precisará passar por dois turnos de votação. A população precisa pressionar os Deputados para que não desmanchem a Proposta e a transforme em sonho, facilmente dissolvido na saliva ácida dos integrantes do Legislativo.