.

.

sexta-feira, 2 de junho de 2017

Surpresa

Fiquei surpreso com o fato de o Boletim Financeiro do jogo Asa 0x1 Sampaio Corrêa não ter sido divulgado ainda com a bola rolando, como previsto no Estatuto do Torcedor, visto que sempre, durante o segundo tempo, a informação é divulgada pela Agremiação. Surpresa maior ainda foi verificar no sítio-eletrônico da CBF os números do jogo. O público pagante foi de apenas 720 torcedores, muito próximo do comparecimento na partida com o Remo - 753 pessoas -, o que gerou prejuízos muito próximos. Remo: R$ 12.806,70 e Sampaio: R$ 13.617,80. 


Observe público e renda marcados em vermelho


Continuo ainda extremamente surpreso, pois, a olho nu, a ideia que se tinha é que havia mais torcida no jogo do Sampaio do que na partida Asa x Remo. O que estaria acontecendo? Por que público e renda da partida Asa 0x1 Sampaio não foram divulgados durante o segundo tempo, como nas outras partidas? 


Clique na imagem para ver em tamanho ampliado


Confesso que na minha cabeça tudo está muito confuso. Não desconfio de ninguém. Não acredito em manipulação. Não vou fazer pré-julgamento de quem quer que seja, mas também entendo que a transparência precisa acontecer em 100% e em conformidade com o Estatuto do Torcedor, que prevê, no artigo sétimo que "É direito do torcedor a divulgação, durante a realização da partida, da renda obtida pelo pagamento de ingressos e do número de espectadores pagantes e não pagantes, por intermédio dos serviços de som e imagem instalados no estádio em que se realiza a partida, pela entidade responsável pela organização da competição". Basta cumprir o que diz a lei e evitar questionamentos, como o que fazemos agora.

O legislador exigiu a divulgação de renda e público ainda com bola  rolando, exatamente para evitar manipulação dos números, uma conduta repetitiva antes do ET, quando os números eram fabricados e o que se apresentava não correspondia à realidade do estádio. Taí uma excelente oportunidade de melhoria para o Asa. Não precisa fazer nada além do determinado na legislação. Aliás, o representante de Arapiraca vinha cumprindo o que está escrito. A partida com o Sampaio foi um ponto fora da curva.