.

.

terça-feira, 3 de julho de 2018

Por que não Marcelo em um lugar diferente!

Sei que vou ser bombardeado com a opinião que vou emitir. Sei que o técnico da Seleção Brasileira Tite não irá fazer o que proponho aqui. Sei que é preciso muita audácia para mexer na Seleção da forma que vou sugerir. Sei que esta mudança nunca foi feita, sequer em treino. Sei, sei, sei. Mesmo sabendo, não afino e nem estou preocupado em estar com a maioria. Sendo assim,  lá vai.

Para a próxima partida pela Copa do Mundo da Rússia o Brasil não poderá contar com o volante, Casemiro, já que o atleta tomou o segundo amarelo na partida pelas oitavas de final, nessa segunda, 02, quando a Seleção Canarinho se classificou para as quartas de final ao vencer o México por dois a zero, gols assinalados por Neymar e Firmino, em partida disputada no Cosmos Arena, em Samara (RUS). 

O substituto natural é Fernandinho, que deverá iniciar o jogo com a Bélgica, na próxima sexta, 06, às 15h, na Arena Kazan, na cidade russa de Cazã. Há também quem aposte que o substituto de Casemiro poderá ser o zagueiro Marquinhos, fato experimentado por Tite no último jogo. 



Brasil com Marcelo na segunda linha de quatro


Juro que faria diferente. Escalaria o lateral Marcelo na vaga aberta por Casemiro, agregando qualidade a segunda linha brasileira. Isto seria uma forma de prestigiar Felipe Luís que jogou muito bem quando Marcelo não pode atuar pela lateral-esquerda em virtude de contusão na coluna.

Aos contestadores, meus esclarecimentos. Segundo o mestre João Saldanha, "Na Seleção você escala os melhores", ou seja, faz-se como Zagalo, em 1970, que arranjou espaço para juntar o que se tinha de melhor no Brasil naquele momento. Foi assim que o volante Piazza foi parar na  zaga, já que o volante Clodoaldo não poderia ficar de fora. O mesmo aconteceu com Rivelino e Gerson, dois meias que compuseram muito bem o time do Lobo alagoano e o todo acabou prevalecendo. Em tempo. Rivelino atuou como falso ponta-esquerda.

Agora é a hora de Marcelo ser adiantado para que o Brasil inteiro melhore o rendimento. Se não der certo existe uma coisa chamada substituição. Saca Marcelo ou Felipe Luís e entra com Fernandinho. É simples e não será esta "experiência" que fará o Brasil perder o Mundial. Ah, você discorda! Eu concordo que você discorde. A vida é assim, amigo. Cada um pensa de um jeito diferente e todos somos felizes.