.

.

segunda-feira, 23 de julho de 2018

Seria Walter um novo Romário!

Não vou fazer comparações de um com o outro, até porque não cabe. Mesmo assim, espero que compreendam o que tenho em mente. Então, vamos aos fatos.



Walter deseja subir mais de produção com a camisa do CSA


A saída do atacante Michel, do CSA, abriu vaga no ataque para Walter. O que sai tinha na velocidade a sua principal característica. O que entra precisa jogar mais parado, recebendo bolas para finalizar contra o gol adversário. E é exatamente aí que entendo que Walter pode contribuir muito com o Centro Sportivo. Cumpriria, no alviceleste, o mesmo papel que Romário desempenhou no final de carreira, jogando no último terço do campo apenas para finalizar e marcar importantes gols. A velocidade ficaria para Niltinho que teria o papel de passar a bola para Walter marcar. Outra opção para o gordinho funcionar seria a  bola doce, com sabor de mel, passada pelo extraordinário Daniel Costa.

A teoria pode não se concretizar na prática, mas não custa nada "pagar para ver". Talento para fazer gols, Walter tem. Já provou por onde passou. A fórmula sugerida  para encaixá-lo no time é apenas uma maneira de juntar gordura e futebol. O restante fica para o treinador Marcelo Cabo