.

.

terça-feira, 15 de maio de 2018

Ainda o gramado do Trapichão

O Presidente da Federação Alagoana de Futebol Felipe Feijó mostrou-se preocupado com a condição do gramado do Estádio Rei Pelé, em Maceió, e declarou que vai procurar a Secretaria do Esporte, Lazer e Juventude para saber o motivo da queda da qualidade do piso do campo de jogo. 


Bombeiros militares antes de amistoso no Rei Pelé

A preocupação de Feijó veio depois que o técnico do CSA Marcelo Cabo reclamou da cancha, após a vitória por um a zero, no último sábado, 12, em partida disputada com o Boa Esporte (MG). O assunto ganhou corpo, visto que o treinador do Boa também criticou severamente a relva do Trapichão.

Agora a palavra está com a Secretária Cláudia Petuba (PC do B), a quem compete administrar o Estádio, que é patrimônio do povo alagoano. Qualquer problema que acarrete gastos que saiam do bolso dos contribuintes, é da responsabilidade da catecúmena Petuba. Claro que o Governador Renan Filho, que a mantém no cargo, também é responsável. A gestão da Selaj atingiu um desgaste de tal ordem que já se justifica a substituição da noviça Petuba.